segunda-feira, 21 de maio de 2018

Arrasta pé antecipa o São João no Arraial do MAP

 O Mercado de Arte Popular antecipou o arrasta pé do São João nesse mês de maio. No último sábado, 19 o forró ecoou no MAP, ao som de Neném do Acordeom e a banda Girimum com Mel.
O forró pé de serra foi o carro chefe da tarde. O cantor Neném do Acordeom não deixou nenhum clássico de fora do repertório. Foi de Gonzagão a Gonzaguinha. “Uma homenagem ao nosso forró com Luiz Gonzaga, Trio Nordestino, entre outros, valorizando o povo nordestino e o que há de melhor em nossa terra”, disse o forrozeiro.
O Arraial do MAP é uma iniciativa da Fundação Cultural Egberto Costa, que tem proporcionado uma festa diferente e animada em todos os sábados no local.  

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Por quanto tempo você ainda vai viver?


A expectativa de vida está aumentando no mundo - pessoas nascidas em 2016 viverão em média sete anos a mais do que aquelas nascidas há 25 anos.
Insira suas informações abaixo para saber qual é a expectativa de vida para pessoas de sua idade, país e gênero, assim como quanto tempo você ainda deve viver com boa saúde.

Por que a expectativa de vida muda com base na idade?
Esse índice é o número de anos que espera-se que uma pessoa viva em média baseado em sua idade, gênero e país. Realizado pela Organização Mundial da Saúde, o projeto Global Burden Disease, que analisa os efeitos sobre a saúde de mais de cem doenças em oito regiões do mundo, calcula a expectativa de vida a partir das taxas de mortalidade em diferentes faixas etárias.
A expectativa de vida pode variar para pessoas de diferentes idades, porque é calculada como o número de anos que espera-se que a pessoa viva caso ela já tenha atingido determinada idade.
Por exemplo, uma menina nascida em 2016 no México deve viver até 79 anos, no entanto, a expectativa de uma mulher de 65 anos no México era de 84 anos em 2016 - sua expectativa de vida é mais alta porque ela já chegou aos 65 anos e, portanto, é provável que viva mais 20 anos.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Assistentes sociais têm trabalho sem fim

O Dia do Assistente Social, nesta terça-feira, 15, é marcado em Feira de Santana pelo reconhecimento do papel desses profissionais como principais agentes transformadores para a garantia de direitos sociais e a ampliação da cidadania. O empenho destes profissionais que compõem o quadro, tanto na área pública quanto privada e ONGs, é destacado pelo secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, pela presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Ângela Pérsico, e pelos próprios assistentes sociais, na pessoa da diretora do Departamento de Gestão Integrada, Soneide Rios.
A dedicação e comprometimento do assistente social com a garantia dos direitos é ressaltada pelo secretário Ildes Ferreira, coordenador de cerca de 160 profissionais da área na Sedeso. Ele ressalta a condição dos assistentes sociais como a mais importante nas políticas de assistência social no país. “Só temos que agradecer àqueles comprometidos com a política de equidade social em Feira de Santana, na Bahia e no Brasil, garantindo direitos para pessoas em situação de risco social”, frisou.

Assistente social "indica caminhos" no ataque a desigualdade, diz Colbert

A assistência social, nos últimos anos, tomou um impulso significativo, no país, e em Feira de Santana, tornou-se um “forte instrumento de defesa dos interesses coletivos, especialmente dos mais necessitados”. A constatação é do prefeito Colbert Martins Filho, que nesta terça-feira, 15 de maio, dia consagrado aos profissionais da área, presta uma homenagem à categoria.
Em Feira de Santana, são 160 profissionais assistentes sociais atuando em diversos equipamentos do Município destinados a promover o bem-estar da população carente e a atender as pessoas em estado de vulnerabilidade. 
“O assistente social não apenas realiza esse seu mister, de atuar em um campo extremamente difícil, da vulnerabilidade, mas também presta ao Governo um importante trabalho, indicando os caminhos na busca do ataque a desigualdade, algo que também perseguimos”, diz o prefeito.





Dia Internacional da Família. 10 Motivos Para Celebrar


 No dia 15 de maio, comemora-se o Dia Internacional das Famílias ou, simplesmente, o Dia Internacional da Família. Esse dia foi definido em 20 de setembro de 1993, em deliberação da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Desde então, no dia 15 de maio sempre há, em várias partes do mundo, conferências e celebrações para discutir e traçar projetos para o futuro da instituição familiar.

O que é família?
Sabe-se que a família, do ponto de vista histórico e também sociológico, é o núcleo elementar da sociedade, isto é, uma instituição basilar. A família funciona como o primeiro grupo de relações no qual os indivíduos interagem entre si. Foi a partir do núcleo familiar que a sociedade como um todo ganhou corpo ao longo da história humana. Contudo, a decisão da ONU, enquanto organização internacional, de escolher um dia para homenagear a família está relacionada com os problemas e transformações que essa “célula social” vem apresentando desde o século XX.

Show de Targino Gondim marca a volta do Festival de Sanfoneiros

O show do forrozeiro Targino Gondim, previsto para encerrar o Festival de Sanfoneiros no próximo dia 23 (uma quarta-feira), é patrocinado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). O evento vai começar a partir das 18h30, no Auditório Central da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).
Com entrada franca, o festival, que está sendo retomado após quatro anos, conta com vinte sanfoneiros inscritos. Além de Feira, o evento tem a participação de representantes de alguns vários municípios da região, como Alagoinhas, Irecê, São Gonçalo dos Campos e Santo Antônio de Jesus.
O titular da Secel, Edson Borges, ressalta que o evento faz parte do calendário das festas juninas e que tem o sanfoneiro como símbolo da tradição do cancioneiro popular nordestino. “É uma figura emblemática da nossa cultura”, observa, considerando que o evento, além de revelar talentos, é um incentivo aos mestres da sanfona.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

O memorando da CIA que revisita Geisel e o grito das torcidas.

São impressionantes as reações desencadeadas pela revelação de um memorando  da CIA mostrando que as execuções de opositores ao regime militar eram do conhecimento do ex-presidente Geisel, e autorizadas por ele, friamente, e por Figueiredo, que tinha a palavra final sobre quem morria e vivia. Era uma política de Estado, que foi centralizada no Planalto Central,  e não uma ação descontrolada dos agentes militares. Geisel, que reagiu, é verdade, contra a tigrada mais aloprada, inclusive demitindo o general Sylvio Frota, e conduziu a abertura “lenta e gradual”, não deixou o pragmatismo militar ao concordar com a política de eliminação de subversivos e vai carregar, historicamente, o preço de suas escolhas.
De um lado há os que acham que o fato de serem guerrilheiros e desejarem implantar um ditadura comunista, como já revelou o ex-guerrilheiro Fernando Gabeira, é motivo suficiente para que fossem executados, esquecendo que ao assumirem essa posição tornam-se iguais e justificam as ações dos comunistas quando chegam ao poder.  Há os que apelam para o fato que estes guerrilheiros executaram civis, militares, fizeram tribunais de exceção sem nenhum critério e mataram companheiros que consideravam traidores, como se isso fosse autorização para o Estado justificar sua ação criminosa, agindo sem o respeito à lei.

Transição para economia verde custará 180 mil empregos no Brasil, mas criará outros 620 mil, afirma OIT


  A transição da economia mundial para um modelo mais verde e sustentável deverá criar 24 milhões de empregos, se países adotarem as políticas certas. É o que aponta um relatório da Organização Internacional do Trabalho, OIT, divulgado nesta segunda-feira. No Brasil, a diferença entre fechamento de postos e abertura de novas vagas também é positiva e chega a 440 mil novos empregos, segundo informou a OIT com exclusividade à BBC Brasil.
"Estamos falando de 620 mil novas vagas, o que mais do que compensa os 180 mil empregos que poderão ser perdidos (no Brasil)", resumiu Guillermo Montt especialista da organização e pesquisador. A proporção é de 3,4 novas oportunidades para cada demissão em território nacional.
O documento mostra que seis milhões de trabalhadores devem perder seus empregos no mundo, mas é otimista em relação ao saldo total, que deve ser positivo pela criação de outras 18 milhões de vagas. Uma das chaves será requalificar esses desempregados para ocuparem esses novos postos. A relação entre geração e extinção de empregos é de quatro para um, revelam os números do órgão da Organização das Nações Unidas.

Colbert Martins faz breve balanço dos trinta dias do seu governo

Enfatizando o eficiente nível de organização da Prefeitura Municipal, o prefeito Colbert Martins da Silva Filho elegeu a mobilidade urbana e a reestruturação do Centro Comercial da cidade entre as metas prioritárias da sua gestão.
A entrevista foi concedida ao Programa Rádio Repórter, ancorado na Rádio Nordeste FM pelos radialistas Renato Ribeiro e Raimundo Tourinho, na tarde/noite de sexta-feira, 11.
Nela, o novo mandatário do Município estimou que o BRT (Bus Rapid Transit) será inaugurado no final do ano, "proporcionando mais fluidez ao trânsito de Feira de Santana", pontuou.
A implantação do Centro Comercial Popular, também previsto para ser entregue a comunidade ainda este ano, é considerada por Colbert Martins a maior e mais importante intervenção urbana realizada pelo Governo Municipal, desde a criação do Centro de Abastecimento, em 1974, sob a gestão de José Falcão da Silva.

sábado, 12 de maio de 2018

A origem do Dia das Mães: como o viés comercial da data frustrou até a criadora da homenagem


O Dia das Mães pode variar de mês a depender do país, mas são raríssimos os lugares do mundo que não o celebram. No Brasil, a tradição da data já fez com que ela se tornasse a segunda mais importante do ano no comércio, perdendo apenas para o Natal.
Mas poucos conhecem a história que deu início a esse costume de celebrar o amor materno em uma data específica. A tradição veio dos gregos, eles celebravam no início da primavera a mãe de todos os deuses, a deusa Rhea, com homenagens, cultos e presentes.
Mas a oficialização desse costume veio no início do século 20, nos Estados Unidos, por insistência de uma mulher que nunca foi mãe, mas decidiu homenagear a sua com um dia para celebrar sua memória. Anna Jarvis iniciou uma campanha pelo que chamava de "Dia das Mães" em 1905, quando Ann Reeves Jarvis, sua mãe, morreu. Em 1908, ela organizou a homenagem para ela, mesmo sem a oficialização de um "feriado" na data, e passou a militar pela causa.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Cientistas inventam um antídoto para a ressaca

Tomar uns drinks pode fazer você se sentir bem. O álcool estimula a atividade do ácido gama-aminobutírico, um neurotransmissor que está relacionado à sensação de relaxamento e bem-estar. Mas beber tem um preço, ou melhor, alguns: dor de cabeça, enjoo, boca seca e sensibilidade à luz no dia seguinte. Um conjunto de incômodos mundialmente conhecido como ressaca. Mas as consequências por exagerar no happy hour podem estar com os dias contados. Uma dupla de cientistas promete resolver os efeitos colaterais do álcool.
A ideia é fruto da parceria entre os professores Yunfeng Lu e Cheng Ji, das Universidades da California e do Sul da California. Para acabar com a ressaca, eles querem reforçar o órgão que mais sofre com o álcool: o fígado. Os pesquisadores sintetizaram pequenas quantidades de oxidase, catalase e aldeído desidrogenase, enzimas que o fígado usa para metabolizar o álcool. O objetivo é que, com doses extras desses compostos, o corpo humano consiga diminuir os efeitos negativos da birita.

Dia D de imunização contra gripe será neste sábado

Acontece neste sábado, 12, em Feira de Santana o dia D de Vacinação Nacional contra a Influenza. Todos as Unidades de Saúde da Família, Unidades Básicas de Saúde e a sede da Secretaria Municipal de Saúde estarão funcionando das 8h às 17h para imunização.
“É imprescindível que as pessoas compareçam com o cartão de vacina, principalmente das crianças para avaliarmos o histórico de imunização”, ressalta o coordenador da Rede de Frio, Carlos Henrique Valverde.
A rede municipal já recebeu quatro lotes da vacina, totalizando 81 mil doses. Até o fim da campanha devem ser imunizadas contra a gripe 128 mil pessoas, que representa 90% do público alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde.
Tem direito a vacina crianças de seis meses até menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), pessoas com 60 anos ou mais, funcionários da área da saúde, indígenas, população e funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas não transmissíveis – em exceção ao portador da hipertensão sem comorbidade –  e professores da rede pública e privada.

Lula está morto

Primeiro eles disseram que iam andar pelo Brasil, denunciando o golpe,
Depois, o ex-presidente, disse que eles sabiam brigar. E ameaçou a nação: ”sobretudo quando o Stedile colocar o exército dele nas ruas”,
Depois disseram que o ex-presidente não seria julgado,
Depois de levado a julgamento, disseram que não seria condenado,
Depois de condenado, que não seria confirmada a sentença,
Depois de confirmado a sentença, que não seria preso,
Depois de preso, que ele seria libertado,
Antes, a líder do partido disse que para prender o ex-presidente ia ter de matar gente,
Aí organizaram uma caravana pelo Sul do Brasil, tendo recebido mais manifestações contrárias que apoio,
No meio do caminho denunciaram um atentado com uma arma fora de fabricação e que não gerou a menor credibilidade,
Um Ministro do STF disse que a prisão do ex-presidente “incendiaria o país"
Um militante aloprado ameaçou a população com uma guerra civil: “a Guerra pode começar com um tiro, mas não se sabe com quantos pode acabar”,

Insensatez


          
O PT sempre estimulou a luta de classes, e desde que chegou ao poder tem estimulado a intolerância e o ódio entre as pessoas no melhor estilo do ensino maquiavélico de “dividir para reinar”. E com a Educação geral em baixa, o analfabetismo em alta e a ignorância grassando em todas as camadas sociais, fica mais fácil manipular a opinião pública, até porque a grande maioria das pessoas desaprendeu a pensar por si mesma e sempre acredita em tudo que ouve ou lê.
            Ouvi uma discussão no rádio sobre se homens e mulheres devem ganhar o mesmo salário quando desempenham funções iguais. Essa discussão sequer deveria existir se as pessoas se dessem ao trabalho de pensar e não fossem como a minha avó chamava esse tipo de gente: “Maria vai com as outras”. Os idiotas “politicamente corretos” devem ter rido muito com tal discussão. Politicamente corretos vocês sabem, são aqueles que pregam que se as pessoas não chamarem um pivete de pivete, e sim de menor em risco social ele deixará de ser pivete. Choveram opiniões. Algumas sensatas e a maioria estapafúrdia. E eu lembrei de uma passagem da minha vida.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Por que a personalidade das pessoas muda (muitas vezes para pior) nas redes sociais?


Em uma tarde de fevereiro deste ano, a professora Mary Beard postou uma foto no Twitter chorando. A célebre historiadora da Universidade de Cambridge, que tem quase 200 mil seguidores na rede social, estava desolada: após fazer um comentário sobre o Haiti, ela foi vítima de uma avalanche de insultos.
"Eu falo com o coração (e, é claro, posso estar errada). Mas o lixo que eu recebo como resposta, não é justo, realmente não é", tuitou.
Nos dias que se seguiram, Beard recebeu o apoio de diversas personalidades - independentemente de concordarem ou não com sua postagem inicial. E várias dessas pessoas também viraram alvo de agressões. Quando uma das críticas de Beard, a acadêmica Priyamvada Gopal, de ascendência asiática, publicou um artigo online em resposta ao tuíte original da historiadora, também recebeu uma enxurrada de ataques.