quinta-feira, 21 de junho de 2018

Linha especial de ônibus para Maria Quitéria durante o São João

Durante os festejos do São João, que acontece de 21 a 24, moradores e visitantes dos distritos de Maria Quitéria serão servidos por uma linha especial de ônibus que vai sair da Estação de Transbordo Central.
Para o distrito de Tiquaruçu, onde também acontece festa neste período, nos dias 23 e 24, Linha Distrital/ TR 035, a partir das 18h, o ônibus ser estacionado ao lado do Terminal Central, onde pega os passageiros.
Para Maria Quitéria, na ida, os veículos começarão a circular das 20h à meia-noite, quando ficarão parados ao lado da Prefeitura, na avenida Getúlio Vargas. E a operação de retorno será iniciada a 0h e prossegue até às 5h.

São João de Maria Quitéria e Tiquaruçu abrem programação do Arraiá da Feira a partir de quinta

O Arraiá de Feira começa nesta quinta-feira, 21, com o São João de São José, em Maria Quitéria. Na localidade serão três dias de muito arrasta-pé, quadrilhas juninas, fogueiras, bandeirolas, comidas e bebidas típicas. E é claro: muita animação pra esquentar o frio.

Na noite de abertura, logo após a coroação da rainha Laiane dos Santos, 17, o ronco da sanfona será comandado pelo cantor Alcymar Monteiro, principal atração da noite, mais Márcio Alves, que abrirá a festa, Jorge de Altino, Filipe Aladin e a banda Caviar com Rapadura.

Na sexta-feira, 22, o fole ficará por conta de Forró Adelino Alves, J. Sobrinho, Caracu com Ovo, Pablo e Adriano Reis. Já no sábado, 23, a festa será animada por Welder Bastos, Neném do Acordeon, Arreio de Ouro, Kamila e Thalita, e Pegada das Antigas.

Cuca inscreve para escolha da rainha do Bando Anunciador

Estão abertas, até do dia 29 de junho (sexta-feira), as inscrições para escolha da Rainha do Bando Anunciador Festa de Sant’Ana. As interessadas podem obter mais informações através do telefone (75) 3221-9611 ou no site do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).
No dia 5 de julho, a partir de 19h30, no Teatro do Cuca será realizada a festa da "Escolha da Rainha do Bando Anunciador da Festa de Sant’Ana” na sua 12ª edição. Durante o evento, também ocorrerá uma mesa redonda com o tema “Para onde vai o Bando? - Desafios e Perspectivas para o Futuro do Bando Anunciador!”.

Agricultura familiar vende licor engarrafado há 2 anos. Feira acontece até sábado

Agricultores de vários distritos de Feira de Santana participam, até sábado, 23, da Feira da Agricultura Familiar, no estacionamento da Prefeitura. Estão vendendo comidas e bebidas típicas para o período junino produzidos por eles mesmos.
Além do licor, estão sendo oferecidos bolos de vários sabores, doces, amendoim cozido e torrado, beijus recheados, canjica, pamonha, entre outras comidas.
Na banca de Vanessa Soares é grande a variedade de licores, tradicionais, como o de jenipapo, e cremosos, como o de chocolate, cujos preços variam de R$ 11 a R$ 15. “A gente espera ganhar um dinheirinho e passar um São João feliz”, acentua.

A liberdade que você nem sabe que perdeu ou o despotismo em nuvem

Reagan dizia que a liberdade estava sempre a uma geração da extinção. A liberdade não é uma dádiva divina. É um exercício cotidiano de vigilância, resistência, sacrifício, pois, só nela é possível o exercício pleno do potencial humano. Nenhuma outra forma de existência é digna ou merecedora de respeito.
A opressão não se faz só pelas armas e dominação violenta. Atualmente, ela assume formais mais sutis, imperceptíveis, de dominação, que podemos chamar de despotismo em nuvem ou imaterial. Não há, na maioria das vezes, um agente impositor definido contra o qual se possa pegar em lanças e combater o moinho, mas mecanismos subliminares que tentam te impor padrões de consumo, comportamento, gostos, modelos, opiniões, e valores. E utilizam como elemento cerceador, não a arma tradicional, mas outras ações, “armas metafóricas”, mas nem por isso menos violenta, ou letal, como a exclusão, a segregação, a não inclusão, a rotulação com algum epíteto que cause constrangimento e desconforto moral.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Como o uso de ar-condicionado está deixando o mundo mais quente

Conforme o clima no mundo fica mais quente, sistemas de ar-condicionado estão se tornando cada vez mais populares. Mas será que a energia consumida para deixar nossas casas e escritórios mais frescos vai acabar acelerando a mudança climática, ou alterações no design dos aparelhos conseguirão evitar isto?
Ao contrário do que dizem os teóricos da conspiração, o mundo está sim ficando mais quente: 16 dos 17 anos mais quentes já registrados ocorreram desde 2001, dizem os climatologistas.
Assim, não surpreende que a demanda por ar-condicionado seja cada vez maior. A energia consumida por esses aparelhos deve triplicar de hoje até o ano de 2050, de acordo com a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês).
Isto significa que, até 2050, os aparelhos espalhados pelo mundo estarão usando toda a capacidade elétrica dos Estados Unidos, Europa e Japão, somados.
Cientistas e empresas de tecnologia estão, portanto, tentando tornar os sistemas mais eficazes.

Semáforos ficarão no modo intermitente das 22h às 05h da manhã


Com o objetivo de garantir a segurança dos cidadãos que trafegam pelas ruas da cidade durante a noite – especialmente das 22h às 5h da manhã, o prefeito Colbert Martins Filho autorizou a reconfiguração dos semáforos para o modo intermitente nos principais cruzamentos nestes horários de menor fluxo e a adição de temporizadores em alguns destes equipamentos. A medida, que começa a valer a partir das 22h desta terça-feira, 19, foi anunciada em entrevista coletiva realizada no Paço Municipal Maria Quitéria. 
A mudança atende a indicação do vereador Marcos Lima. A proposta também teve assinatura de outros 15 vereadores. As novas configurações garantem mais segurança aos condutores, visto que os semáforos estarão em condições de intermitência (acendendo e apagando a luz amarela) das 22h até as 05h. Outro ponto levantado pelo prefeito é a não cobrança de multas nesses sinais no horário de intermitência.

Colbert Martins devolve Expofeira aos animais

O prefeito Colbert Martins mandou bem ao cortar os shows da Expofeira, um evento musical, em que os bovinos, caprinos, equinos, entram de gaiatos.Há muito tempo ela deixou de ter a potência de atração agropecúaria que tinha nos meus tempos de menino, e, a medida que foi definhado, compensou com a hipertofia dos shows. Tanto é,  que nas mídias, divulgações, só se fala na grade dos artistas e não na pureza do guzerá, no porte dos nelores, no trote  dos mangalargas. 
Alguns dizem que os shows são uma estratégia para atrair público, embora, quem vai por isso só goste do boi na forma de espetinho assado nas barracas. Talvez, até seja, mas a verdade é que a Exposição de Feira deixou de ser um palco de grandes negócios, de exibição tecnológica, ou de técnicas de agronegócio. 

terça-feira, 19 de junho de 2018

Repartições municipais funcionarão em turno único nos dias dos jogos do Brasil na Copa do Mundo. Bancos e comércio também têm horários especiais

As repartições públicas municipais funcionarão em esquema especial de turno único, nos próximos dias 22 - sexta-feira, e 27 - quarta-feira, dias de jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo Fifa Rússia.
O decreto que estabelece os horários de atendimento ao público, assinado pelo prefeito Colbert Filho, está publicado na edição desta terça-feira, 19, no site
 www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br.
O interesse geral no evento levou ao horário especial nestes dois dias.
Na sexta-feira, quando o Brasil vai enfrentar a Costa Rica, o expediente será das 13h às 17h. E na quarta-feira, quando o selecionado joga contra a Sérvia, o dia de trabalho será iniciado às 8h e encerrado às 13h.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

A violência que arrebenta nossa alma

Dia após dia, mês após mês, ano após ano, medo após medo, vemos os índices de violência crescendo e as mesmas justificativa das autoridades que afirmam nunca terem investido tanto em segurança, em um discurso vazio e pluripartidário. A verdade, no entanto, é que dia após dia, mês após mês, ano após ano, medo após medo, só a vemos crescer e nos assombrar.
Vivemos sob o manto do temor, do sono inquieto, do andar apressado e vigilante, como se estivéssemos em um planeta selvagem e inóspito e não na segunda cidade da Bahia. Aliás, a Bahia tem 5 das cidades mais violentas do Brasil. No último fim de semana, Salvador, viveu uma carnificina com 30 mortos,  e, nesse fim de semana, foi a vez de Feira, com 18 mortos. Se considerarmos o número de habitantes em relação à capital veremos que o feiroeste parece ter-se instalado de vez no município.

Prefeito Colbert cobra ação do Estado contra a violência em Feira

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, encontrou-se nesta segunda-feira, 18, em Salvador, com o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa. Na ocasião, apelou ao secretário por “mais esforços” visando o combate à violência em Feira de Santana, cidade que contabilizou 18 pessoas mortas a tiros no fim de semana.
“Estou manifestando às autoridades da área de segurança, como prefeito da cidade, a minha preocupação. Temos números absurdos de homicídios em Feira, maior do que de algumas regiões em guerra”, disse ele. Colbert vai manter contato também com o governador do Estado, Rui Costa, e com o ministro da Segurança, Raul Julgman.
Maurício Barbosa disse ao prefeito que a cúpula da segurança pública na Bahia se encontra em Feira de Santana trabalhando, em virtude da violência dos últimos dias: comando da Polícia Militar, Delegado-Chefe da Polícia Civil e o diretor do Departamento de Polícia Técnica.

Cantor feirense leva projeto Lítero-Musical para Portugal

O Projeto Enquanto Houver Poesia, do cantor Dann Silveira, que já movimentava espaços culturais de Feira de Santana com música e poesia, agora ganha novos rumos. O artista embarca neste mês de junho para Portugal, à convite da Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros em Coimbra - APEB e da Chiado Editora, para realizar o projeto lítero-musical em terras portuguesas. A ida do cantor para o país é também custeada pela Fundação Municipal de Tecnologia da Informação Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa - Funtitec, responsável por fomentar a cultura em Feira de Santana. 

Um golaço de Colbert Martins


               
Um ato administrativo do prefeito Colbert Martins, neste ano de Copa do Mundo, podemos dizer que foi um “golaço”. A questão dos shows no |Parque de Exposições Agropecuária vem desde a realização dos primeiros eventos naquele equipamento. Começou com alguns grupos de forró tradicionais locais e foi evoluindo para atrações mais famosas e chegou ao status de carnaval dentro do parque. A ideia inicial era música após o expediente para entreter visitantes e, principalmente, trabalhadores que praticamente “moram” dentro do parque durante todo período do evento.
            Quando os shows cresceram em volume de pessoas e sons, vieram logo as reclamações por parte de quem é a razão de ser da Exposição Agropecuária: os pecuaristas. Eles alegavam que o volume de som alto estressava os animais e não deixavam os tratadores destes dormirem o necessário para voltar a lida diária em perfeitas condições de trabalho. A coisa cresceu tanto que já não se via razão de continuar, porque tomou proporções de micareta fora de época e, principalmente, fora de lugar. Eram muitas as reclamações, já não só por parte dos pecuaristas, dos quais muitos deixaram de participar do evento, mas, também das pessoas que entendiam que aquele tipo de evento sonorizado não tinha nada em comum com a característica da Exposição, cujo objetivo principal é a realização de negócios agropecuários.

A lenda não entrou em campo contra a Suiça

Desde que Garrincha inaugurou a lenda no futebol brasileiro, em 1958, na Suécia, e Pelé tornou imortal até os gols que perdeu na Copa de 70- como o espetacular e incomparável drible de corpo no goleiro Mazurkiewicz, do Uruguai- o futebol brasileiro se manteve como o maior produtor de dribles, e vencedor mundial.  Por isso, toda vez que entra em campo, colocando o Brasil de chuteiras, esperamos raça e glória; entrega e vitórias. O brasileiro é implacável com as derrotas, até mesmo quando são empates.
Hoje, diante da Suíça- fenomenal especialista em queijos, chocolates e contas bancárias secretas-, a mítica não entrou em campo e o espetacular resumiu-se ao belo gol de Felipe Coutinho. Ao treinador faltou a criatividade de mudar o estilo do jogo, já que as substituições renovavam o fôlego, preservando o estilo; a Neymar faltou corresponder ao que vale e a sua responsabilidade; ao time, regularidade no desempenho; à defesa, melhor posicionamento e ao goleiro chegar junto em bola na pequena área.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Festival Estudantil de Trânsito com participação de mil estudantes será lançado em julho



Mais de mil estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I da Rede Municipal de Ensino vão produzir diversos trabalhos nas modalidades de teatro, poesia, dança, música, texto, mural e até maquete sobre a convivência no trânsito. As produções vão ganhar visibilidade durante o Festival Estudantil Temático de Trânsito – FETRAN, que será realizado em Feira de Santana através da parceria entre a Polícia Rodoviária Federal, PRF, e a Secretaria Municipal de Educação.
Em reunião entre a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, agentes da PRF e técnicos da Seduc foi definida nesta quinta-feira, 14, o dia de lançamento do FETRAN, que acontecerá no próximo 24 de julho, a partir das 9h, no teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte, Cuca. O período do festival ainda não foi definido.