quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Idosos de 80 anos acima podem agendar vacinação, a partir de 2ª

Não é necessário a presença do idoso, familiares podem agendar

Idosos de 80 anos acima, que ainda não agendaram a vacinação contra Covid-19, podem solicitar a familiares ou responsáveis que se dirijam à unidade de saúde mais próxima a partir desta segunda-feira, 1º.

Esta pessoa deve apresentar o documento de identidade com foto e comprovante de residência do idoso. Não é necessária a presença dele para o agendamento e, em alguns casos, os agentes comunitários de saúde estão realizando o serviço.

Governador da Bahia decreta 'lockdown' neste fim de semana em todo o estado

O Governador Rui Costa anunciou o fechamento total (lockdown) das atividades não essenciais no estado da Bahia. O anúncio foi feito em live nas redes sociais do governador no início da tarde desta quinta-feira. O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins da Silva Filho afirmou que seguirá o decreto, mas, poderá fazer algumas adaptações, o que só será resolvido depois que tomar conhecimento, oficial, do decreto do governador.

“Resolvemos fechar as atividades não essenciais a partir das 20h de sexta-feira (26) até às 5h de segunda-feira (1º). Sendo que o comércio de rua deve fechar na sexta-feira às 17h, os bares às 18h e os shoppings às 20h. Essa diferença de horário já esclareço que é no sentido de escalonar o uso do transporte para que não haja coincidência no deslocamento para casa, todo mundo no mesmo horário, por isso resolvemos fracionar". 

"Entende-se como atividade não essencial toda e qualquer atividade que não esteja relacionada à saúde pública e não esteja relacionada à alimentação das pessoas. Todas as outras atividades estarão inclusas neste fechamento durante o dia de sábado com todos os horários e durante o domingo, todos os horários. Com isso queremos tentar ganhar dois dias de fechamento completo, de restrição completa, isso também valerá para outras aglomerações, mesmo em comunidades, aquelas aglomerações que fazem em eventuais encontros de qualquer natureza não serão permitidos. O grande objetivo que queremos alcançar é o distanciamento social”, informou o governador.

Insumos para 12 milhões de doses de vacina devem chegar ao Brasil

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, confirmou hoje (25) a chegada de insumos para a produção da vacina contra covid-19, a Covishield, desenvolvida pela universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica britânica AstraZeneca, e produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). “O volume desembarcado deve gerar produção de mais de 12 milhões de doses”, escreveu em publicação nas redes sociais.

Ministério da Agricultura vai se engajar em programa de melhorias na zona rural de Feira de Santana


Melhoria de técnicas de cultivo e criação de animais, incremento das potencialidades e geração de emprego e renda. Basicamente, estes foram os assuntos tratados pelo prefeito Colbert Martins com a ministra da Agricultura Pecuária e Desenvolvimento, Teresa Cristina Costa Dias, na tarde desta quarta-feira (24), em Brasília.

Feira recebe mais 7 mil doses da vacina contra Covid-19

São 5 mil doses da vacina de Oxford e 2 mil doses da CoronaVac

Mais 7 mil doses da vacina contra Covid-19 foram recebidas pela Rede de Frio da Secretaria Municipal de Saúde, nesta quarta-feira, 24. 

São 5 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, que serão utilizadas na aplicação da primeira dose dos idosos acima de 80 anos. E 2 mil doses da CoronaVac, destinada para imunização da segunda dose dos profissionais de saúde e idosos institucionalizados.

Hospital de Campanha terá mais cinco leitos de UTI

Devido ao aumento de pacientes hospitalizados por Covid-19, o Hospital de Campanha de Feira de Santana terá mais cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), aumentando em 27,7% a sua capacidade. Com a medida, o número de leitos de UTI aumentou de 18 para 23. A unidade também conta com 35 leitos clínicos.

Minha primeira viagem pela Chapada Diamantina

 

    Eu tinha mais ou menos 17 anos quando fui convidado por um amigo a viajar para a fazenda dele em Angical, pequena cidade próxima a Barreiras, na Chapada Diamantina. Foi o mesmo que oferecer banana pra macaco. No dia marcado saímos de Feira de Santana por volta das 06 da manhã, levando conosco mais um amigo. Eu já tinha feito algumas viagens, mas sempre por perto de Feira, seria a primeira vez que iria tão longe, e nunca imaginei conhecer e descobrir tantas coisas apenas em uma viagem. Eu era o segundo piloto, pois a ideia era não parar para cobrir os cerca de 800 quilômetros em cerca de 12 horas. Só havia asfalto até Ibotirama, onde cruzamos o Rio São Francisco numa balsa, experiência totalmente nova para mim. Até então, tudo transcorrera normalmente, apenas com uma breve parada para nos refrescarmos no rio Mucugezinho, e outra para o almoço. Quando atravessamos o Rio as coisas mudaram radicalmente.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Secretaria de Saúde investiga mais de 40 casos suspeitos de reinfecção em Feira de Santana

Mais de 40 casos suspeitos de reinfecção por Covid-19 estão em investigação pela Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana. Todos estes casos apresentaram resultado positivo para a doença pelo exame RT-PCR, pela segunda vez, em um intervalo mínimo de 90 dias.

Segundo a médica infectologista e coordenadora do Comitê Gestor de Controle ao Coronavírus, Melissa Falcão, somente esta evidência não conclui que os casos realmente são de reinfecção. Para isso é preciso analisar se as amostras destes pacientes tratam-se de um vírus diferente.

Brasil tem quase 30 fábricas de vacina para gado e só 2 para humanos

Enquanto o setor de vacinas para humanos depende da importação de 90% dos insumos, quase 100% das vacinas para gado sào produzidas inteiramente no Brasil

A pandemia da covid-19 evidenciou uma fragilidade do Brasil: a alta dependência de insumos importados da China para a fabricação de vacinas e o sucateamento de laboratórios e fábricas usados para produzir imunizantes no país.

Enquanto na década de 1980, o Brasil tinha pelo menos cinco institutos capazes de produzir vacinas, atualmente, há apenas dois em operação: Bio-Manguinhos, da Fiocruz, e o Instituto Butantan.

E das 17 vacinas atualmente distribuídas por esses dois institutos de pesquisa, só quatro são fabricadas totalmente no Brasil e não dependem da importação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), como é chamada a matéria-prima para produzir imunizantes.

Esse sucateamento do setor de vacinas para humanos contrasta com os elevados investimentos na fabricação nacional de imunizantes para animais, principalmente gado.

Coronavírus: 10 boas notícias sobre a pandemia, um ano depois

 


A pandemia covid-19 também trouxe boas notícias, de acordo com o professor espanhol de microbiologia Ignacio López-Goñi, no artigo a seguir:

Há um ano, escrevi um artigo intitulado "Dez boas notícias sobre o coronavírus".

O objetivo era mostrar que a ciência, o conhecimento e a cooperação são essenciais para combater a pandemia.

Não sabemos o que acontecerá nos próximos meses e as novas variantes genéticas são motivo de incerteza, mas um ano depois a mensagem é a mesma: os avanços da ciência nos estimulam a ser otimistas e a ver o copo meio cheio.

1. Existem mais artigos sobre SARS-CoV-2 e covid-19 do que sobre malária

Há um ano, ficamos surpresos que, em pouco mais de um mês, desde a notificação dos primeiros casos, já existiam mais de 164 artigos científicos no PubMed (um mecanismo de busca de acesso aberto para consultar publicações científicas) sobre o novo vírus e a doença.

Hoje esse número se multiplicou por mais de 600 e já ultrapassa os 100 mil artigos, mais do que os que aparecem sob o título de "malária", por exemplo. Mais de 4,8 mil estudos em andamento sobre tratamentos e vacinas estão registrados.

Sabemos mais sobre SARS-CoV-2 e covid-19 do que sobre outras doenças que temos estudado por décadas.