quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Residências terapêuticas de Feira de Santana são referência em todo o estado

Com acomodação semelhante a um hotel, as Residências Terapêuticas promovem assistência a 42 portadores de transtornos mentais. O serviço da Secretaria Municipal de Saúde conta com 11 unidades espalhadas pela cidade, sendo nove do tipo I, que comporta até oito residentes e duas que passam por reforma de adequação para tipo II, com capacidade para acolher mais pessoas.
Destinadas a portadores de transtornos mentais que tiveram histórico de internação prolongada, mas apresentam condições de serem reinseridos na sociedade, as residências terapêuticas do município são referência de atendimento em toda Bahia desde a reforma psiquiátrica de 2003. A informação é da coordenadora de Saúde Mental, Robervânia Cunha.

Margareth Menezes participa da Flifs através do projeto “O Violão e a Palavra”

Quem curte literatura e música poderá desfrutar de um encontro de cultura e arte na próxima terça-feira (25), às 18h30, no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca). Uma nova edição do projeto “O Violão e a Palavra”, desta vez com a cantora Margareth Menezes, vai integrar a programação da Feira do Livro de Feira de Santana (Flifs), que este ano acontece na Praça Padre Ovídio.
A atividade será uma conversa onde o violão se une à poesia para mostrar a força da palavra cantada. Como o espaço tem limite de lotação, serão liberadas 230 cédulas de entrada, a partir das 17h30, na portaria do Cuca, situada na Rua Conselheiro Franco. O acesso do público será apenas pela entrada principal do local.

Amor Verdadeiro


Está chegando a Primavera, a “Estação do Amor”. A natureza se veste em flores e cores como que para saudar os casais que se formam ou que se renovam no amor. Mas, hoje em dia o amor anda meio fora de moda. Fala-se do romantismo como se fosse um tipo menor de amor, mesclado de infantilidades, de falta de bom senso, de fuga da realidade.
Eu, como não tenho nada a ver com modismos, me considero uma pessoa romântica, remanescente de uma época que já passou. Eu não reconheço amor sem muito carinho, muita ternura, confidências ao pé do ouvido, cumplicidade, respeito, troca de olhares sinceros da alma, simbolismos, beleza, delicadeza, muita amizade e tudo isto dentro de uma confidencialidade onde só os dois cabem.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Adoção de tecnologias agilizará atendimento no Procon, diz prefeito durante reinauguração

A adoção de novas tecnologia pelo Procon, como aplicativos, facilitará o atendimento aos consumidores e vai agilizar ainda mais os resultados do trabalho realizado pelo órgão. A opinião é do prefeito Colbert Filho, durante a reinauguração do prédio do órgão em Feira de Santana.
A parte física foi reformada, os equipamentos modernizados e a capacidade de atendimento ampliada. A sede do Procon de Feira de Santana, na rua Castro Alves, foi reaberta ao público na manhã desta terça-feira, 18. Durante a intervenção, o órgão funcionou por alguns meses provisoriamente em uma casa alugada na mesma rua.

Aberto do Cuca reúne a diversidade cultural de Feira de Santana

Oficinas, workshops, apresentações musicais, dança, teatro, circo, poesia, cordel, artesanato e artes plásticas. Essas são opções para quem se dirigir ao Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), nesta quinta-feira (20), para prestigiar a 12ª edição do “Aberto”. O objetivo é oportunizar, evidenciando a diversidade de linguagens, a divulgação das produções de quem trabalha com arte e cultura na cidade de Feira de Santana.
As atividades estão programadas para começar às 8h e englobarão mais de 100 apresentações ao longo do dia. O encerramento do evento contará com a presença de dois renomados artistas feirenses: Cecé e Paulinho Jequié, com o show "Contaria Brasileira".
De acordo com a diretora do Cuca, professora Rosa Eugenia Vilas Boas, a diversidade, que é uma característica do evento, que abrange um público bem heterogêneo: crianças, jovens, adultos e pessoas da terceira idade. Todos os anos, o Aberto costuma reunir um público aproximado de três mil pessoas ao longo do dia. O Aberto, que tem entrada franca, acontece em comemoração ao aniversário do Cuca.

terça-feira, 18 de setembro de 2018

É mais saudável usar toalhas de papel ou jatos de ar para secar as mãos?

Uma boa higiene das mãos é crucial no controle da propagação de infecções. É por isso que há diversas recomendações sobre quando e como lavá-las.
É indicado, por exemplo, que façamos isso sempre que chegamos da rua, depois de usar o banheiro, antes de comer, cozinhar ou de nos aproximarmos de um bebê ou alguém doente.
Menos atenção é dada, no entanto, à importância de secá-las da maneira correta.
Após lavar bem as mãos com água e sabão, ninguém quer sujá-las novamente com uma toalha úmida e malcheirosa, que sabe-se lá há quanto tempo está pendurada.
É por isso que muitos banheiros públicos oferecem toalhas de papel descartáveis ou secadores automáticos a jatos de ar, conhecidos como "mais higiênicos e sustentáveis".
Mas, de acordo com pesquisas realizadas no Reino Unido, França e Itália, os secadores a jato de ar são basicamente "canhões de bactérias".

Como oportunidades iguais a ricos e pobres ajudaram Finlândia a virar referência em educação

Os finlandeses só conheceram o asfalto na década de 1920. Até o começo do século 20, conheciam sobretudo a pobreza. Quando, em 1909, a avenida Paulista se tornou a primeira via asfaltada da cidade de São Paulo, a hoje rica Finlândia era uma economia substancialmente agrária, e seus primeiros 14 km de rodovia seriam inaugurados somente em 1963.
Mas, nos anos seguintes, o país foi transformado por um conjunto de políticas educacionais e sociais - que criaram um dos mais celebrados modelos de excelência em educação pública do mundo. No Brasil, enquanto isso, reduzir a imensa desigualdade de oportunidades educacionais que existe entre as crianças que nascem em famílias pobres e as mais ricas segue sendo um dos principais desafios do país.
É o conhecido milagre finlandês, iniciado na década de 70 e turbinado nos anos 90 por uma série de reformas inovadoras. Em um espaço de 30 anos, a Finlândia transformou um sistema educacional medíocre e ineficaz, que amargava resultados escolares comparáveis aos de países como o Peru e a Malásia, em uma incubadora de talentos que a alçou ao topo dos rankings mundiais de desempenho estudantil e alavancou o nascimento de uma economia sofisticada e altamente industrializada.

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

FEIRA EM HISTÓRIA: Como 18 de Setembro foi instituído o Dia da Cidade

 Durante algum tempo o aniversário da cidade foi comemorado em 16 de junho, data alusiva a Lei Provincial que elevou a antiga vila à categoria de cidade, em 1873. Entretanto alguns historiadores, como o monsenhor Renato de Andrade Galvão defendiam que a data original era o 18 de setembro, quando em 1833 o presidente da Província da Bahia, Joaquim Pinheiro de Vasconcelos, criou o Arraial de Feira de Santana. Confira o artigo do jornalista Adilson Simas que descreve os fatos históricos que envolvem o Dia da Cidade:

O DIA DA CIDADE
Foi no dia 18 de setembro de 1833 que o presidente da Província da Bahia, Joaquim Pinheiro de Vasconcelos, criou o Arraial de Feira de Santana. Tomou a decisão autorizado pelo Governo Imperial que em 13 de Novembro do ano anterior, determinou a criação de vilas em todo o país.
Muitos ainda indagam a razão do aniversário da cidade ser em 18 de setembro se até pouco tempo a comemoração acontecia em 16 de junho

"Temos que conhecer nossas inferioridades", diz Divaldo Franco, na 40ª Semana Espírita

“A verdadeira alternativa aos conflitos é o amor”. Essas palavras partiram do médium feirense e mundialmente reconhecido, Divaldo Pereira Franco (foto). Durante seu seminário “Conflitos Existenciais”, o professor falou sobre pequenas batalhas que travamos em nossas vidas e que nos afastam da felicidade, do mundo espiritual. A palestra realizada na manhã deste domingo, 16, no Ginásio de Esportes do Colégio Castro Alves, faz parte da programação da 40ª Semana Espírita, que acontece até o dia 23.
Divaldo conduziu sua fala por vários subtemas que ilustram esse afastamento, relacionando-os ao tópico geral, e ressalta que “viver já é um conflito”. O evento tem como tema central “A Era do Espírito: um novo mundo, uma nova pessoa”. Divaldo destacou ainda que devemos abandonar costumes como alimentação do próprio ego e preconceitos. “Para conhecer o outro, temos que conhecer nossas inferioridades. Minha liberdade não pode ferir a do outro”.

Primeira base descentralizada do Samu em Feira de Santana será inaugurada nesta terça

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Saúde, inaugura nesta terça-feira, 18, a nova base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A base será instalada no Estacionamento do Paço Municipal Maria Quitéria, ampliando a oferta do serviço e possibilitando uma assistência ainda mais rápida para a população.
É a primeira base descentralizada que será inaugurada em Feira de Santana. Outras três existem em Conceição de Jacuípe, Irará e Santo Estevão. 

domingo, 16 de setembro de 2018

Programação especial no Aniversário Cidade

Uma programação especial vai acontecer em Feira de Santana para marcar os 185 anos de emancipação política do município, nesta terça-feira, 18. As 7h acontece a celebração da Missa de Ação de Graças, na Catedral Metropolitana de Senhora Santana, pelo arcebispo metropolitano Dom Zanoni Demetino Castro. 
Em seguida, às 9h, acontece a inauguração da Base do SAMU (Servilo Móvel de Atendimento de Urgência), no Paço Municipal Maria Quitéria. Uma sessão especial será realizada na Câmara de Vereadores, às 16h. 

Praça Padre Ovídio abriga a edição 2018 da Feira do Livro de Feira de Santana (Flifs)

Uma área de aproximadamente dois mil metros quadrados com dois palcos, sendo um construído em 2015, dotado de toda infraestrutura para acomodar grandes espetáculos, sejam eles musicais ou teatrais, com camarins exclusivos e rampa de acesso em toda a sua parte frontal; e o outro palco mais antigo, para atividades de menor porte.
Eis uma pequena descrição da Praça Padre Ovídio, novo espaço que irá abrigar a 11ª edição da Feira do Livro - Festival Literário e Cultural de Feira de Santana (Flifs). A praça, que abriga a estátua do padre Ovídio Alves de São Boaventura - instalada neste local em 1892 - é a única de um vulto histórico mostrado em corpo inteiro existente em Feira, as demais são bustos.

sábado, 15 de setembro de 2018

Setembro não é longe demais


Eu sei e vocês sentem na alma das estações que é Setembro. Há flores, no entanto, que desobedecem o calendário, florescem em Abril e lançam seu perfume por uma vida inteira.
As folhas do outono que forravam o chão, cedendo ao frio, são varridas. E nas manhãs de minha cidade e do meu coração a neblina não cobrirá mais o sono dos que se tardaram amando. Há, pressentimos todos, depois do longo outono, urgências de flores. Há extrema urgência de flores.
Precisamos semeá-las em cada despedida, para que não esqueças, que não é partir que te leva, mas não deixar prontos os espaços da volta. Precisamos de flores pois Setembro sempre foi longe demais.

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Semana Espírita chega a 40ª edição com o tema “A era do espírito: um novo mundo, uma nova pessoa”


A 40ª Semana Espírita de Feira de Santana, que será aberta este sábado, 15, aborda como tema central “A era do espírito: um novo mundo, uma nova pessoa”. O evento convida o público a perceber o nascer de uma fase – a era do espírito – onde a humanidade se movimenta do materialista em busca de níveis mais elevados de consciência. Nesse período, mudam comportamentos humanos e há um convite à renovação das pessoas, abrindo caminhos para um novo mundo, mais fraterno e mais feliz. A Semana Espírita segue até domingo, 23.
A transição para essa nova fase não ocorre de uma só vez. A natureza não dá saltos! Observamos uma busca maior por respostas existenciais, levando a rediscutir a religião, a família, as convenções sociais e a vida com um todo. Esse reajuste incomoda e gera perplexidade e, nesse cenário, em toda parte estamos em crise, abrindo novas oportunidades de evoluir no bem.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Governo Municipal se mobiliza em torno da campanha "Feira Pede Paz"

Por uma chance à paz, a Secretaria de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev) deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 13, a campanha “Feira Pede Paz”, ação que envolve todas as secretarias do Governo Municipal, indignado com a escalada da violência que, só este ano, já ceifou 295 vidas na cidade, vitima de assassinatos.
Aberta oficialmente na “Casa da Paz”, um stand armado no canteiro da Avenida Getúlio Vargas, com a presença do prefeito Colbert Martins Filho e todo o secretariado, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e de segmentos religiosos, a campanha “Feira Pede Paz”, será levada às escolas da rede pública, praças e bairros da cidade, através de uma caravana motivacional.
A Caravana da Paz tem como símbolo um origami em formato de pomba, que está sendo distribuído e multiplicado em oficinas itinerantes que ensinam como confeccionar as peças, a partir de uma folha retangular de papel branco.