quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Alex Ferraz

ALIENAÇÃO
Em todas as reportagens de TV, para citar só um meio de comunicação, a cerveja é a responsável por todos os acidentes. Pode até ser, em parte. Mas ninguém se lembra das péssimas estradas, da péssima sinalização e da terrível fiscalização?

Frase: “Eu não discuto resultados das urnas”
(governador Jaques Wagner)


Parabéns, governador Wagner!
Ainda durante o corre-corre do primeiro turno, o governador da Bahia, Jaques Wagner, talvez tenha sido a única voz do PT a admitir que o julgamento do mensalão poderia ter influência na votação.
Naquele momento, não tive como conter um impulso de admiração por sua consciência, e, mais do que isso, por sua independência em declarar algo que provavelmente todo o partido queria negar.
Agora, depois do resultado do segundo turno, tendo sido eleito ACM Neto, oposição clara ao PT e seu método de governar na Bahia, Wagner repetiu sua opinião de independência e clarividência: “Não discuto resultados das urnas.”
Foi republicano, elegante e verdadeiro. Isso não significou “fazer as pazes” com a oposição e muito menos recuar diante do resultado das urnas, mas sim, a meu ver, avançar mais uma vez em termos de democracia. O governador mostrou que, não importa quem seja o vencedor, a verdadeira democracia tem que respeitar o resultado das urnas.
Espero que essa disposição – aliás, tenho a certeza disso – se mantenha ao longo da administração de ACM Neto na prefeitura da terceira maior cidade do País. Será sempre mais um ponto positivo para um governador que, a despeito dos duros desafios que enfrentou e enfrenta em seu governo, jamais perdeu a postura republicana. Vamos em frente, que atrás vem gente!

Falando
verdades (I)

O ministro interino das Minas e Energia, Márcio Zimmermann, parece estar tirando o sossego da presidente Dilma. Ou não, como diria Caetano Veloso.
É que ele tem sido muito fiel à realidade na sua interpretação sobre os recentes apagões no Norte e Nordeste.
Por exemplo, na última sexta-feira, foi peremptório: “Não houve raio nem nenhuma influência da natureza no último apagão.”

Falando
verdades (II)

Antes disso, e ainda sobre o mesmo fato, ele havia declarado que o sistema de distribuição de energia elétrica no País tem, sim, muitas falhas.
Tudo isso na contramão do Edison Lobão, ausente por motivos de saúde, que insistia em culpar até o sobrenatural pelas falhas da infraestrutura no setor. Vamos ver no que vai dar.

É só isso,
Via Bahia? (I)

Ouvi dia desses comercial da Via Bahia no rádio, falando sobre a duplicação da BR-116, compromisso assumido pela concessionária do pedágio naquela rodovia federal, quando da assinatura do contrato. Fiquei preocupado ao saber que a ideia é duplicar “o trecho entre Feira de Santana e o Paraguaçu”. Ora, trata-se de um trecho minúsculo, irrisório diante dos quase 700 quilômetros da BR-116 entre Salvador e Divisa Alegre, na divisa com Minas Gerais.

É só isso,
Via Bahia? (II)

A verdade é que toda a BR-116 está defasada e não suporta mais, pelo menos há uns 15 anos, o enorme tráfego de veículos, inclusive de carretas, na sua mão dupla.
Então, a esperança que baianos e todos aqueles que transitam pela estrada tiveram, quando do anúncio da sua duplicação, foi de que o serviço seria completo. E aí?

Só um lembrete
eleitores

Vimos que acabou o tempo do medo. Dantes, qualquer posição contrária ao PT era vista quase que como um sacrilégio. Movimentos sociais com o “Basta!”, surgido em São Paulo quando da explosão do escândalo do mensalão, eram, ridicularizados pelos militantes petistas e quem ia às ruas por pouco não era linchado.
Agora, pelo menos em Salvador, ficou claro que o eleitor não tem medo de opinar. E esta vontade tem que ser respeitada. Coitados dos que dizem que o povo não sabe votar. Pois sim!
SONO - Com o crescimento do número de exames e a criação de diversos
laboratórios do sono na Bahia, o INOOA, Centro de Tratamento de Ouvido, Nariz e Garganta, resolveu promover o curso teórico-prático para técnico
em polissonografia. A oportunidade é oferecida para quem tem o segundo grau completo e conhecimentos de informática. Mais informações: 32708011.
CRIANÇAS - Hoje, a partir das 14h, crianças e moradores da Península Itapagipana vão participar da Festividade às Crianças. A ação social comemora o mês das crianças e é fruto da parceria entre o SIGA II, o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e a Biblioteca Municipal Reitor Edgard Santos - localizada na Ribeira e administrada pela Fundação Gregório de Mattos (FGM).
VEGETAL - O Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Vegetal (PPGBVeg), do Campus VIII da UNEB, em Paulo Afonso, está com inscrições abertas – até amanhã - para aluno especial do curso de mestrado. O resultado da seleção deve ser divulgado até o dia 14 de novembro. Mais informações: www.uneb.br.
BARIÁTRICA - A realização de cirurgia bariátrica em menores de 18 anos será discutida a partir de hoje no XIV Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), realizado em Maceió até o próximo dia 3 de novembro.

Você é curioso (a)?

Qual a origem do beijo na boca?

Historiadores não identificam uma data exata. No entanto, as primeiras referências remetem a 2.500 a.C.: as carícias aparecem em colagens nas paredes dos tempos de Khajuraho, na Índia. Mas o beijo na boca nem sempre foi uma forma de demonstrar carinho. O ato teve muitos significados durante a História e ainda hoje é encarado de diferentes maneiras em cada sociedade. Do antigo beijo grego ao beijo-axila, conheça a História do beijo.
  
Beijo grego e persa
Na Antiguidade, os homens persas do mesmo nível hierárquico trocavam beijos na boca em sinal de respeito. Caso um dos homens fosse de um nível inferior, deveria beijar o rosto do outro. Na Grécia Antiga, por volta de 300 a.C., o hierarquia também determinava onde beijar. A quem fosse da mesma classe, era permitido trocar um beijo no rosto ou na boca; agora, quem fosse considerado inferior deveria se contentar com um beijo no rosto. Outra curiosidade: para homenagear os deuses, os gregos passavam as pontas dos dedos na boca e tocavam em obras de arte. Era uma demonstração de respeito e amizade aos deuses.

Súdito, só se beijar o pé…
Na Roma Antiga, a ordem social também estabelecia as carícias trocadas. Existia o beijo basium, dado na boca entre conhecidos; o osculum, entre amigos íntimos; o suavium, entre amantes. Lá, quem era nobre influente tinha permissão para beijar os lábios dos imperadores; agora, quem tinha menos poder só tinha farol verde para beijos nas mãos. Quem era súdito, então, deveria se ajoelhar e dar uma bitoca no pé do Imperador.

Beijo na Renascença
Na Inglaterra da Renascença, a população já era beijoqueira. Quem ia visitar um conhecido deveria, em sinal de respeito, beijar o anfitrião, sua esposa, filhos e até os bichos de estimação. Todos na boca! Mas nem sempre os ingleses foram tão liberais. No século 15, o rei Henrique VI, para evitar a proliferação de doenças, proibiu que os ingleses se beijassem. Mais tarde, no século 17, Oliver Cromwell proibiu a troca de beijo aos domingos. Quem desrespeitasse a lei poderia até ser preso.

Beijo brasileiro do século 18
Por aqui, o beijo já passou bem longe da boca. No século 18, para demonstrar afeto, bastava dar um beliscão no companheiro. Alguns historiadores relacionam o gesto ao “namoro camponês”, importado de Portugal. Lá, beliscões e outros gestos como pisadas no pé e mútuos estalos de dedos representavam os desafios da vida rural.
 
Beijo de esquimó
Na língua dos esquimós, a palavra “beijar” é sinônima de “cheirar”. Por isso que, na hora de dar um “beijo de esquimó”, esfregam-se os narizes. Lindo, não fosse piegas… Por aqui, “cheirar” também pode ser sinônimo de “beijar”, afinal, quem nunca ouviu alguém do Nordeste brasileiro mandar um cheiro?

 Vai um beijo na axila?
Mesmo hoje, o beijo tem diferentes significados. Na África do Sul, por exemplo, trocar saliva é um ato repulsivo para a tribo dos thonga (lá, a boca é encarada como a fonte da vida e o dono deve ter cuidado para não a contaminar). Nas Ilhas Trobriand, no Pacífico Sul, rola o contrário: antropólogos já observaram que a população passava horas se beijando (e dando umas mordidinhas no parceiro!). Ficou impressionado? Então, prepare-se: se você fosse de uma tribo da Nova Guiné, ao invés de dar um beijo de despedida, teria que dar uma passadinha de mão na axila do companheiro e, depois, esfregar o cheiro dele no seu próprio corpo. Você encararia?

E o beijo de língua?
Ao que parece, o beijo em que as língua se entrelaçam é francês e a expressão surgiu em cerca de 1920. Mas os franceses são assumiram a invenção. Por lá, o beijo francês – ou de língua – é conhecido como beijo inglês. Vai entender…


Para saber mais
“História íntima do beijo”, de Julie Enfield (Editora Matrix)

 

 Por ocasião do aniversário de nascimento de Carlos Drummond de Andrade

Poema de sete faces

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.
 
As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.
 
O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.
 
O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos , raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.

 
Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.
 
Mundo mundo vasto mundo
se eu me chamasse Raimundo,
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.
 
Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.

Paulo Diniz - "E agora, José" (texto de Carlos Drummond de Andrade)

Ver filmes de terror queima calorias

Dá para trocar meia horinha de caminhada por uma sessão de filme de terror – você vai ter o mesmo gasto calórico. Segundo pesquisa da Universidade de Westminster, na Inglaterra, é possível queimar mais de 113 calorias enquanto assiste a um filme de terror de 90 minutos.

Eles fizeram o teste com 10 alunos (bem pouco, né?),  que assistiram a 10 filmes diferentes. Os pesquisadores mediram os batimentos cardíacos, consumo de oxigênio e produção de dióxido de carbono de cada um deles. Aí perceberam que a quantidade de calorias consumidas aumentava, em média, um terço durante a exibição dos filmes.

Segundo os pesquisadores, isso só acontece por causa das cenas de susto. O medo deixa seu corpo em alerta, com o coração acelerado e adrenalina em alta. “A produção de adrenalina, que acontece durante períodos curtos de estresse intenso [ou medo], diminui o apetite, aumenta a taxa metabólica, e queima uma quantidade maior de calorias”, explica Richard Mackenzie, líder da pesquisa e especialista em metabolismo celular e fisiologia.

Dá uma olhada na lista dos filmes que mais queimam calorias:
1. O iluminado – 184 calorias
2. Tubarão – 161 calorias
3. O exorcista – 158 calorias
4. Alien – 152 calorias
5. Jogos mortais – 133 calorias
6. Pesadelo em Elm Street – 118 calorias
7.  Atividade paranormal – 111 calorias
8. Bruxa de Blair – 107 calorias
9. O massacre da serra elétrica – 105 calorias
10. [REC] – 101 calorias

http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca

O Iluminado (1980) Melhores Cenas

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Cerveja e beleza

Como as geladas podem ajudar a ter pele e cabelos mais bonitos

A cerveja já foi tida como vilã da saúde e acusada de criar barriguinha, mitos que já foram derrubados recentes pesquisas. Agora, ela começa a se redimir também diante do espelho, com a indústria cosmética investigando, a fundo, os seus benefícios à beleza. É o caso da Bioeffect, empresa criada há dois anos na Islândia, fabricante de um cosmético poderoso à base de cevada, que já se tornou o novo queridinho de quem está sempre em busca da juventude.

"À medida que envelhecemos, a pele perde colágeno e elastina e as rugas começam a aparecer. Além disso, diminui a nossa produção natural de EGF, que é o fator de crescimento epidérmico, uma proteína que promove a renovação celular", explica a médica Graça Tavares, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A aplicação do EGF na pele estimula a formação de novas células e minimiza o efeito visível do envelhecimento. "Esses cientistas islandeses conseguiram extrair o EGF da cevada, o que até então dependia da ação de bactérias", completa ela. De acordo com o site da empresa, um frasco com 5 ml do soro Bioeffect EGF leva o conteúdo de 100 sementes de cevada e custa 110 dólares.

Para quem quer se aventurar no mundo cosmético da cerveja, boa sugestão são os banhos de cerveja. O complexo Chodovar, na República Tcheca, misto de resort, museu e cervejaria, oferece vários tipos. Mas quem não vai tão cedo à Europa, pode procurar um na sua própria cidade. Sylvia de Seganttini, da paulista Consultoria do Banho e Aromaterapia, conta que decidiu estudar o tema a pedido de um cliente. Após um ano de pesquisa e conversas com mestres-cervejeiros, desenvolveu uma espécie de ‘cardápio’ só com tratamentos com a bebida (veja sugestão de banho de cerveja no box).

"Até então, as bebidas com as quais eu trabalhava eram apenas vinho e saquê, que obedecem ao mesmo princípio: primeiro abrem os poros, eliminam impurezas e permitem que os nutrientes da bebida penetrem na pele", descreve Sylvia. "Por isso é fundamental que a cerveja seja de boa qualidade e bastante encorpada, o que indica que ela tem boa concentração dos ingredientes", salienta. Segundo a consultora, não existe um tipo específico de cerveja mais indicada, mas recomenda principalmente as de trigo.

Banho de cerveja em casa
A consultora de banhos terapêuticos Sylvia de Seganttini ensina como preparar um banho de cerveja em casa. Para uma banheira com capacidade de 200 litros, reserve três garrafas de uma boa cerveja e utilize água na temperatura de 37°C ou 38°C. Em meio copo de cerveja, dilua 15 gotas de um óleo essencial de sua preferência e acrescente ao banho. Sylvia recomenda essência de lavanda para um fim de tarde relaxante; e para um banho revitalizante, perfeito para aqueles dias cheios de compromissos de trabalho pela frente, o melhor é optar pelo óleo essencial de sândalo. Ela ressalva, no entanto, que quanto mais quente estiver a água, menos tempo a pessoa deve ficar imersa. “Acima de 37°C, o limite é de 15 minutos”, alerta. Vale lembrar que banhos terapêuticos são contraindicados para quem sofre de pressão alta.
Stock Cerveja na cabeça!
Em 2009, atriz Catherine Zeta-Jones provocou surpresa ao declarar ao jornal britânico Daily Mail que usava uma máscara de cerveja e mel para condicionar os cabelos, mesmo "que fique cheirando como o fundo de um barril de chope por dias".
Já para quem leva mais fé na indústria cosmética do que nas misturinhas caseiras, ou acha mesmo que lugar de cerveja é no copo, a tradicionalíssima Payot oferece uma alternativa
.
"Dentro da linha de tratamento capilar, temos o xampu e o condicionador com extrato de levedo de cerveja. É rico em vitaminas do complexo B e vitamina E, que reforça, dá brilho e volume e é indicado para quem tem cabelos finos. Antes do seu lançamento, há cinco anos, todos os testes comprovaram a capacidade de hidratação e restauração da fórmula", informa Marília Filardi Peixoto, química responsável pelo setor de desenvolvimento de produtos da Payot. Os cosméticos estão disponíveis em lojas do ramo em todo o país e on line, pelo próprio site da empresa.

No exterior, a lista de cosméticos que levam cerveja na fórmula é extensa. A britânica Lush, especializada em produtos naturais, oferece o xampu Cynthia Sylvia Stout e o finalizador The Strokes Hair Treatment, que também prometem volume, maciez e brilho. Na República Tcheca, a Manunfaktura, outra empresa de cosméticos naturais, possui uma ampla linha de cuidados à base de cerveja. Lá, tem de tudo: sabonetes e gel para banho, esfoliante, óleos de massagem, hidratante, loção pós-barba e protetor labial. Até a microcervejaria americana Elysian lançou uma marca de xampu e condicionador, mais voltada para o público masculino, a Duffy’s Brew.

Ou seja, além de rótulos de cervejas, agora produtos de beleza também são um prato cheio para cervejeiros viajantes.

Deu no Folha de São Paulo

Condenado, Genoino quer assumir vaga de deputado

Condenado por corrupção ativa e formação de quadrilha no julgamento do mensalão, o ex-presidente do PT José Genoino ganhou apoio do partido para reassumir uma vaga na Câmara dos Deputados a partir do início de 2013.
Ele pretende herdar a cadeira do petista Carlinhos Almeida, eleito para a Prefeitura de São José dos Campos, no interior paulista.
Na eleição de 2010, Genoino foi candidato a deputado federal, mas não teve votos suficientes e ficou como suplente do partido.
A cúpula do PT, que já fez desagravo ao ex-dirigente depois das condenações no STF (Supremo Tribunal Federal), já decidiu dar respaldo à sua posse em Brasília.
"O Genoino é o suplente e vai assumir. Sem problema nenhum", disse à Folha o presidente do PT, Rui Falcão, na festa da vitória do prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad.
Apesar do impacto negativo das condenações na opinião pública, deputados petistas têm manifestado internamente que sairão em defesa da volta do ex-dirigente à vida pública.
"Genoino precisa recuperar a sua cidadania política", diz Paulo Teixeira (PT-SP), cotado para assumir a vice-presidência da Câmara em 2013, quando a Casa voltar ao comando do PMDB.
A hipótese de retorno do ex-deputado vinha sendo tratada com discrição durante a campanha para não prejudicar candidatos petistas.
Com a eleição de Haddad garantida, a defesa dos condenados no mensalão volta à pauta do PT, que divulgará uma nota sobre o resultado do julgamento nos próximos dias (leia nesta página).
OBSTÁCULOS
Os planos de Genoino ainda podem esbarrar na decisão do STF. Petistas dizem que é preciso aguardar o fim do julgamento para saber se a pena de perda de função pública, aplicada a réus do processo, pode impedir a posse do ex-presidente da sigla.
A defesa dele sustenta que as punições só valerão a partir da publicação do acórdão do STF, que ainda pode demorar até seis meses.
Com isso, Genoino poderia tomar posse em janeiro e esperar a decisão exercendo seu mandato na Câmara.
O advogado do petista, Luiz Fernando Pacheco, diz que ele ainda não teria decidido se assume a vaga na Câmara, mas afirmou não ver qualquer obstáculo para que ele tome posse.
FICHA LIMPA
"A princípio, não há impedimento para isso", diz.
Como a Lei da Ficha Limpa não se aplicou às eleições de 2010, os petistas sustentam que o texto também não poderá ser evocado para impedir a posse do ex-deputado.
O partido também tem um argumento pronto para defender o mandato de seu ex-presidente caso o acórdão do STF determine a perda do cargo. Neste caso, o PT vai sustentar que a decisão de cassar o deputado cabe exclusivamente à Mesa da Câmara.
Essa questão já está em debate no caso do deputado João Paulo Cunha (PT-SP).
A cúpula do PT decidiu retirar a candidatura de João Paulo à Prefeitura de Osasco, mas ele permanece com seu mandato em Brasília.

Atol contra a Aids: algas são base de gel contra HIV


Está em testes um gel destinado a impedir a infecção com o vírus HIV. Suas substâncias ativas foram sintetizadas a partir de algas encontradas no Atol das Rocas ( foto), no litoral do Rio Grande do Norte. Segundo a bióloga Valéria Laneuville Teixeira, os compostos dessas algas evitam que o HIV se reproduza e são eficazes contra suas mutações. O remédio deve ser usado de maneira preventiva antes da relação sexual. Ele está sendo experimentado agora em camundongos.

Informações Revista Época

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Alex Ferraz

E AGORA?
Brasileiros sob tensão: é que, conforme anunciado há uns 15 dias, a Petrobras pensa em aumentar o preço da gasolina e o reajuste estaria previsto, claro, para logo após as eleições municipais. Como o pleito já foi, pode ser que o aumento já venha...

Frase: "Uma cidade sem lei é como nossos corpos sem espírito." (Cícero)
Novo prefeito receberá terra arrasada?
Após o primeiro turno das eleições municipais, pipocaram notícias em todo o País – inclusive na Bahia, claro – sobre prefeitos que, derrotados, resolveram “punir” a população e suspenderam serviços diversos essenciais, desde abastecimento de água até transporte escolar.
Bem, Salvador não chegou a esse ponto, mas a situação da capital baiana certamente é lamentável e o conjunto de problemas, que vão desde a praticamente desativação da Transalvador até a buraqueira, certamente serão uma dor de cabeça para o novo prefeito.
E como o desfecho da mudança de comando se dá exatamente em pleno Verão, a situação fica ainda mais delicada. Para agravar ainda mais, o Carnaval de 2013 acontece logo no início de fevereiro.
Assim, modestamente, minha sugestão é no sentido de que o novo prefeito se reúna imediatamente com o atual, para que seja acertada uma mudança de comando civilizada e que evite trazer ainda mais ônus para a cidade e seus habitantes que, reconheçamos, já não aguentam mais a enorme série de problemas não resolvidos.
E que a próxima Câmara Municipal tenha a consciência de que foi eleita (ou reeleita) para fiscalizar a manutenção da cidade, pois a que aí está parece não ter cumprido bem esse papel.

Mulheres no
comando (I)

Oito mulheres disputaram ontem prefeituras entre as 50 cidades que tiveram segundo turno.
Derrotada no primeiro turno na disputa pela prefeitura de Porto Alegre, a deputada Manuel D’Ávila (PCdoB-RS) acredita que o número de mulheres na política, no Brasil, ainda é reduzido.

Mulheres no
comando (II)

De acordo com a parlamentar, “o pouco número de mulheres eleitas no pleito deste ano expressa o ambiente desfavorável às candidatas do sexo feminino. Vários países em que as mulheres usam burcas têm maior participação feminina nos parlamentos do que no Brasil. A pouca presença de mulheres na política brasileira é a expressão da lógica sexista e machista de nossa cultura”, concluiu. Pois é...

Segundo turno
foi recorde

O Brasil teve ontem o maior segundo turno da história das eleições municipais. Foram mais de 31 milhões de votantes para escolher prefeito de 50 cidades.
Nas eleições anteriores com dois turnos, nunca houve tal número de cidades. A que chegou mais próximo foi a de 2004, quando 43 cidades foram para a disputa na segunda etapa.

Tanto trabalho
por nada...

Chamou minha atenção no noticiário sobre o sargento da Polícia Militar assassinado na manhã de sábado (e sepultado ontem, no Campo Santo), durante assalto a ônibus em São Cristóvão, a informação de que ele integrava a corporação há 28 anos...E não tinha carro.
Com a facilidade para se comprar automóvel, hoje, só podemos atribuir esta situação à baixíssima remuneração dos PMs.

Apagão e
bom humor

Depois dos sucessivosa apagões ocorridos no Norte e Nordeste, a sabedoria popular saiu-se com esta: “Bolsa Fifó será lançada no Nordeste.” E para completar, viria aí o programa “Meu Vagalume, Minha Vida.” Hehe...
PÓS - A tradicional Faculdade Católica de Ciências Econômicas da Bahia (FACCEBA, www.facceba.com.br) oferece, a partir de 8 de novembro, dois novos cursos de pós-graduação: Especialização em Gestão em Instituições de Educação e Especialização em Direito Constitucional das Minorias, sob a coordenação do Prof. Wanderley Ribeiro, M.Sc. Mis informações: (71)-3322-5857.
JOVENS - O grupo de pesquisa Jovens sem Vez e sem Voz, vinculado ao Departamento de Ciências Humanas (DCH) do Campus I da UNEB, em Salvador, realiza hoje o seminário Cultura, Juventude e Participação Social. O evento, que é franqueado ao público externo, acontece das 14h às 20h, no Teatro UNEB, no campus.
CANCELAMENTO - Por questões de agenda e motivos pessoais o cantor Carlinhos Brown cancelou o espetáculo que seria apresentado no Show na Casa, no dia 1º de novembro, na Casa Cor Bahia, em Salvador. No entanto, está confirmada a edição do dia 8 de novembro, que contará com apresentação do ator e apresentador Marco Luque e show dos irmãos André e Durval Lelys.
MOSTRA - A Paulo Darzé Galeria de Arte abre dia 8 de novembro, às 20h, a exposição “Cada um de Nós, Também os Outros”, do artista plástico Gustavo Moreno. A mostra conta com 20 obras inéditas na Bahia (a exposição já foi realizada no Centro Cultural dos Correios no Rio de Janeiro) com trabalhos em acrílico, óleo e sintético sobre lona e sobre aço.

Militantes do PT agridem jornalistas durante votação de Genoino em SP



            Um grupo de militantes petistas agrediu jornalistas e formou um cordão de isolamento em torno do ex-presidente do PT José Genoino para evitar a aproximação da imprensa enquanto ele se dirigia à sua seção eleitoral, em São Paulo, na tarde de domingo (28). 
            Genoino chegou ao colégio eleitoral instalado na Universidade São Judas, no bairro do Butantã (zona oeste), por volta das 16h20. Abraçado a militantes, Genoino sorriu, repetiu as palavras de ordem gritadas pelo grupo, mas não concedeu entrevistas. 
Durante a confusão, Rodrigo Scarpa, o Vesgo do programa "Pânico" (Band), tentou entregar a Genoino maços de cigarro "para o tempo em que ele passar na cadeia". Após votar, um militante enrolou uma bandeira do Brasil no ex-presidente do PT.
            O também ex-deputado federal foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão por formação de quadrilha e corrupção ativa (compra de apoio político para a base de sustentação do governo Lula [2003-2010]). As penas ainda não foram definidas pelo Supremo.
            Logo em seguida, ele foi cercado por cerca de 40 militantes do PT. Enquanto gritava palavras de ordem ("partido, partido é dos trabalhadores"; "Genoino, Genoino"; "povo na rua, a luta continua"), o grupo agrediu jornalistas (o integrante do 'CQC' Oscar Filho precisou receber atendimento médico) e quebrou equipamentos (a máquina fotográfica da equipe da Folha foi danificada).
            Militantes do PT, que não quiseram se identificar, disseram que se reuniram neste domingo de forma "espontânea" para evitar o mesmo que o ocorreu no primeiro turno. 
             Naquela ocasião, José Genoino comparou a imprensa brasileira à ditadura após ser questionado se tinha medo de ser preso após o julgamento.
"Vocês são urubus e torturadores da alma humana. Vocês fazem igual aos torturadores da ditadura. Só que agora não tem pau de arara, tem uma caneta", gritou Genoino, antes de votar no primeiro turno.

(Folha de São Paulo - 28/10/2012)

Ciência maluca

Solidão faz bem para a criatividade

 É como cantam por aí: pra fazer um samba com beleza é preciso um bocado de tristeza. Com o resto não seria diferente… Ser excluído de grupos sociais pode estimular sua criatividade. Mas só se você tiver confiança suficiente para encarar a solidão.
Uma pesquisa das Universidades Cornell e Johns Hopkins, nos Estados Unidos, fez o teste com 200 alunos. Todos tiveram de responder a algumas perguntas para mostrar quão importante era para um cada um deles se sentir único, diferente da multidão. Aí metade recebeu o aviso de que não participaria das atividades principais (os pesquisadores deixaram claro: vocês foram rejeitados na seleção), enquanto a outra parte dos voluntários recebeu a aprovação para todas as tarefas. Na sequência, eles tiveram de desenhar um ET (!) ou encontrar uma palavra que se ligasse a outras três (por exemplo: peixe, mina e corrida; a palavra certa seria “ouro”).
No fim da história, quem se sentia excluído, mas gostava de ser diferente da maioria, encontrava respostas mais criativas e fazia desenhos mais interessantes. Para saber se eles realmente se sentiam rejeitados, os pesquisadores deram 6 frases, do tipo “eu me senti rejeitado por ser excluído das outras tarefas”, e pediram para dizer quanto concordavam com cada uma delas.
“Se você está em um estado de espírito em que não se importa com o que os outros pensam, você está aberto para ideias novas, que podem não ter vez quando você se preocupa com a opinião dos outros”, explica Sharon Kim, líder da pesquisa.
Viu só? É bom ser excluído, às vezes. Aliás, os pesquisadores fizeram o estudo inspirados nas histórias de Lady Gaga (não dá para negar que a mulher é criativa, vai), Albert Einstein e Steve Jobs.

domingo, 28 de outubro de 2012

Alex Ferraz


TURISMO
Anuncia-se um investimento de R$ 4 milhões para atrair turistas à Bahia, mais especificamente Salvador. Tudo bem. Mas não seria interessante ter investido algumas dezenas de milhões para tornar a cidade habitável, e, mais que isso, “visitável”?

Bancos criam brechas para cobrar
A propalada queda dos juros e as restrições (sic) impostas pelo governo à cobrança de tarifas bancárias não afetaram nem um pouco a exorbitante lucratividade dos bancos. Simples: essas instituições estão criando novas tarifas e abrindo brechas nas normas para cobrar por serviços não contratados pelos clientes.
Um indício desta situação é o fato de, neste ano, as reclamações contra bancos, referindo-se apenas a custos que não foram contratados, já somarem o equivalente às queixas dos dois anos anteriores juntos. Esta informação vem de dados da Secretaria de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça.
De acordo com a mesma fonte, os principais problemas ocorrem nos chamados serviços diferenciados, que se transformaram em sórdidos estratagemas para ludibriar os clientes, e incluem desde aluguel de cofres ao envio de mensagens automáticas e administração de fundos de investimentos.
São serviços classificados, no mais das vezes, com nomes diferentes, o que torna difícil o controle por parte dos clientes.
Enfim, quem imagina que banco vai abrir mão de lucro, por menor que seja o percentual perdido, também acredita em Saci Pererê e coelho da Páscoa.
O pior é que essas instituições, além de extorquirem seus clientes, não oferecem a mínima segurança para aqueles que são a sua razão de ser. Vide a enorme quantidade de saidinhas bancárias e os caixas eletrônicos jogados em lugares ermos, sem qualquer controle de segurança. E será daí para pior...

A propósito
do apagão (I)

Teria sido um raio? Um trovão? Um pássaro? Um avião? Nunca se sabe, pode ter sido até o tal do incêndio, mas o certo, irrefutável, é que aconteceu o terceiro apagão nacional em 60 dias.
Alguma coisa está errada no setor, não há dúvida.
A propósito
do apagão (II)

Mesmo que em cada caso haja uma razão diferente, a realidade é que nosso sistema de transmissão de energia (que, segundo a Operadora Nacional do Sistema - ONS), data do início da década de 1960) está problemático.
Seria de esperar que num país onde não há terremotos, tufões, furacões nem tsunamis, as coisas funcionassem com um pouco mais de regularidade.
Frase:
O que é assaltar um banco, diante de fundar um banco?
Bertolt Brecht)


O aumento dos
vereadores (I)

Situação e oposição, na Câmara Municipal de Salvador, tentaram ontem justificar o aumento escandaloso dos próprios salários, na calada da noite e no apagar das luzes (olha o apagão aê, gente!) da atual legislatura, alegando que não é ilegal, posto que previsto na Constituição.
Concordo, não é ilegal. É apenas IMORAL!

O aumento dos
vereadores (II)

Depois deste aumento acintoso, as despesas com vereadores, em Salvador, vão a R$ 36 milhões.
E para quê? Qual desses edis manifestou-se para tentar corrigir a situação escabrosa em que se encontra a capital baiana?
A cidade da qual eles deveriam cuidar, e que os elege, está à míngua, falida, sem lei. Alguém merece aumento por isso? Deveria haver era demissão...

A queda da
Petrobras

A Petrobras não é mais aquela. Acaba de perder o posto de maior empresa de petróleo da América do Sul para a colombiana Ecopetrol.
Espera-se que esta conta não venha a ser cobrada dos consumidores, depois do segundo turno das eleições, com aumentos no preço da gasolina. Mas é o que parece estar sendo armado.
1 IPTU - A Secretaria Municipal da Fazenda alerta os contribuintes de Salvador para o fim do prazo, na próxima quarta-feira (31), de indicação de imóveis para obtenção de desconto de até 30% no valor do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) de 2013. O benefício é assegurado para os contribuintes que se cadastraram no programa Nota Cidadã.
2 PESCA - Os problemas, as soluções e novidades técnicas e a economia relacionados aos segmentos da pesca e da aquicultura no Brasil e no mundo serão os temas essenciais do III Simpósio Internacional de Aquicultura e Pesca – Siap Brasil, nos dias 8 e 9 de novembro, em Salvador (no Centro de Convenções).
3 MOSTRA - Na próxima quarta-feira, 31, às 19h, acontece a vernissage da exposição IRÚNMOLÈ do artista visual Yuri Ferraz na Galeria ACBEU.  A mostra é composta por 40 desenhos sobre papel que retratam um universo criado pelo artista. Neste universo se fundem personagens extraídos de HQs e de cultos religiosos de origem africana que oscilam entre o reconhecível e o imaginado.
4 HARDWARE - A Faculdade Dom Pedro II promove hoje o terceiro módulo do curso de Rede e Hardware, das 8h às 12h, no Campus II da Instituição. O curso terá como instrutor Luis Fernando e contará como atividade complementar de extensão. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo email [email protected] egundo.edu.br ou pelo telefone (71) 9698 - 3112.  

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Privacyfix: uma ferramenta para monitorar sua privacidade na internet

De uns anos pra cá, a questão da privacidade na web tem sido muito debatida. Primeiro foram os cookies, depois foram as publicidades do Google e, mais recentemente, até uma notíciafake sobre a falta de proteção no Facebook e uma suposta matéria do Fantástico. Trotes à parte, a boa notícia é que já existe o Privacyfix, uma ferramenta que pode te ajudar a controlar suas informações que estão disponíveis na internet.
Disponível via add-on para Chrome e Firefox, o Privacyfix é, em resumo, um atributo que permite que você cheque e altere – com facilidade – suas configurações de privacidade no Facebook, Google e em outros sites. Depois que você baixar a extensão para seu navegador preferido, basta rodar o setup do Privacyfix para que o programa lhe avise, em até 60 segundos, que tipo de informações suas estão sendo monitoradas na web.
A partir daí, ele te direciona direto para páginas que permitem que você altere suas configurações, e também fornece outros dados interessantes. No meu caso, alguns bons exemplos são a estimativa de que o Google lucra 170 dólares por ano em anúncios graças aos meus dados ou a conta que previu que o Facebook monitorava 87% dos sites em que navegava.
Apesar de pedir acesso a várias de inormações suas para efetuar as checagens, a ferramenta garante que não usa os dados coletados em proveito próprio, não arquiva os endereços de IP dos usuários e nem guarda nossos históricos de navegação.
E aí, curtiu? Confira mais sobre a novidade no vídeo abaixo.

Privacyfix Overview



 Pirou?
A derrota nas eleições municipais mexeu com a cabeça do prefeito Tarcízio Pimenta. Entre outros desatinos, desfiados diariamente pela imprensa, nos chegou a informação de que ele teria cortado salários do pessoal que trabalha no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). O problema é que os salários dos servidores do CRAS são pagos com verba do Ministério da Saúde, específica para isso. Como o prefeito pode cortar? O Rasta tem pinta de quem manja de técnicas de relaxamento e meditação. O prefeito bem que poderia tomar umas aulas com ele.

Quero meu I
“Se for convocado, vou defender o prefeito com unhas e dentes”. Do ex-vereador Tom, 1º suplente,  implorando pra voltar à Câmara Municipal.

Quero meu II
“Se Lulinha não for convocado não vai dar um minuto de sossego a José Ronaldo”. Dilton Coutinho, sobre a ansiedade do ex-vereador Lulinha da Conceição 2º suplente.

Quero meu III
Fica a pergunta: O que fazer com o Sargento Joel, 3º suplente. O prefeito eleito vai ter que jogar muito xadrez.

Sincol I
Ninguém pode afirmar que a cooperativa das vans alimentadoras do Sistema Integrado de Transporte (SIT) cumpra fielmente o que está no contrato. Mas quem menos pode reclamar quanto a isso é o Sincol, que presta um péssimo serviço, através de ônibus velhos, recauchutados para que pareçam novos, motoristas e cobradores despreparados, e atraso nas partidas e chegadas dos ônibus, além do sumiço dos mesmos em diversos horários. As reclamações dos usuários são muitas. Há muito que ser revisto e alterado o SIT.

Sincol II
O Sincol não abusa só da paciência dos usuários do transporte coletivo. Abusa também da prática de tentar esconder verdades com mentiras. Dessa vez, porém, se deu mal. O seu representante que foi ás emissoras de rádio na terça-feira passada falar do rompimento do contrato com a Coopertrafs, afirmou que a Prefeitura deve mais ao Sincol do que o Sincol lhe deve. Foi categoricamente desmentido pelo secretário da Fazenda, Wagner Gonçalves.

Cadê o dinheiro? I
Uma criança morreu na terça-feira passada (23) por falta de vaga numa UTI Neonatal em Feira de Santana. Uma mulher com gravidez de alto risco também peregrinava, no mesmo dia, pelos hospitais da cidade, sem receber atendimento pelo mesmo motivo. Ela só poderia ser atendida onde houvesse vaga na UTI Neonatal. São poucos os leitos de UTI Neonatal em Feira de Santana, e a alegação geral é de que são “muito caros”. Mas quando o ex-presidente Lula esteve em Feira de Santana, na última campanha eleitoral, disse que não tinha dinheiro pra nada nos governos anteriores, “mas agora tem dinheiro pra tudo”.

Cadê o dinheiro II
O Sistema Único de Saúde não cobre exames de ultrassom morfológica, que permite ao médico saber se o bebê apresenta problemas e se o parto deve ser feito normalmente ou não. Se fosse feito o exame na mãe da criança que morreu na terça-feira passada, isso não teria acontecido. Cadê o dinheiro para a ultrassom morfológica?.

PT & IURD I
O PT ganhou um aliado na reta final da campanha em Salvador. Líder da Igreja Universal na Bahia, o bispo Francisco Decothé pediu votos para Nelson Pelegrino nos cultos de domingo e de terça-feira passados. A convocação se deu no maior templo da Universal na cidade, que fica ao lado do comitê de Pelegrino. Na terça, o bispo disse que o 13, número do petista, é “um número de Jesus”, pois significa a soma dos 12 apóstolos e de Jesus. Pois é. Cada um tem o apoio que merece.

Fiscais de Braguilha
Não entendo essa preocupação das pessoas para com a virgindade leiloada por uma jovem. Quando muito o episódio serve para que reafirmemos nossos valores perante nossos filhos, usando-o como exemplo de imoralidade e depravação. A “periquita” é da moça e ela faz dela o que bem quiser, afinal, Deus deu livre arbítrio a todos. Se ela está certa ou errada, as leis universais se encarregarão de julgá-la, e não um bando de fiscais da braguilha alheia que parece não ter mais o que fazer. A fúria é tanta que parece até inveja. Crendeuspai!

Frase
Mulher é um negócio tão bom que homem gosta de mulher, mulher tá pegando mulher e tem homem querendo ser mulher”. (anônimo)

Parachoque de caminhão
“Quem tem olho gordo, usa colírio diet” (coletado pela professora Lélia Vitor)

Philosopher
Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz”. (Platão)

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Por hoje é só que agora eu vou ali perguntar a Jesus se ele tem título de eleitor.