sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Ciência dos aromas: os segredos por trás do gosto da sua comida

Existe coisa mais nostálgica do que uma bala de cinamaldeído? E mais irritante do que ter o nariz invadido pelos terpenos de alguém que decidiu abrir sua sobremesa nas proximidades?
Não vai ser necessário entender de química orgânica para continuar a leitura. Basta saber que ela está por todos os lados. Quem nunca chupou uma bala de canela, ou descascou uma tangerina cujo cheiro era capaz de empestear até o maior dos latifúndios?
Todo mundo sabe que comida tem sabor, e que esse sabor vem dos ingredientes dela – não só de ingredientes de receitas (2 xícaras de farinha, 3 ovos…), mas da própria estrutura química que compõe tudo aquilo que você está ingerindo. Uma mordida numa maçã libera nada menos que 130 compostos orgânicos na sua boca. No mel, são mais de 200. O café é um exemplo ainda mais brutal: são 1.500 estruturas diferentes.

Tragédia em Brumadinho: menina de 10 anos faz poema para os bombeiros de Brumadinho e teme barragem na cidade onde vive

"Tanta lama, tanta destruição, no meio de tanto verde só ficou poluição. Tristeza é o que todos têm sentido, mas com a ajuda dos bombeiros, tudo vem sendo resolvido."
Os versos acima foram escritos pela menina Helena Silva, de 10 anos, em homenagem aos profissionais que há mais de vinte dias trabalham na busca por vítimas do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão. Essa semana, cerca de 200 bombeiros de Minas Gerais e outros quatro Estados ainda seguem atuando nas operações de Brumadinho.
Helena, que vive em Congonhas (MG), a cerca de duas horas do local onde ocorreu a tragédia, acompanhou tudo pela televisão. "Eu vi várias reportagens sobre os bombeiros que estão ajudando. Eu vi também quando eles voltaram do trabalho cansados, cheios de lama", contou para a BBC News Brasil a aluna da quinta série.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Secel inscreve até 6ª feira atrações interessadas em participar da Micareta 2019

Cantores e bandas que querem se apresentar na Micareta de Feira de Santana – em trios elétricos, no palco fixo e orquestra de sopro e percussão, têm até a próxima sexta-feira, 15, para se inscreverem e, assim, se credenciar para a festa.
As inscrições estão sendo feitas na Secel, à rua Estados Unidos, 37, Centro, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Só poderão se credenciar maiores de 18 anos e com notoriedade artística consolidada.
A prorrogação do prazo, até o momento, não estão sendo levada em consideração pela Secel (Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer), segundo o diretor de Eventos, Ricardo Lima. As inscrições foram iniciadas no dia 22 de janeiro.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

A educação municipal está devendo resultados

César Oliveira
O desastrado ínicio do ano letivo, em Feira, expôs as fragilidades e as dificuldades do sistema educacional do munícipio, um preço que será cobrado a Secretaria Jayana Ribeiro e ao ex-prefeito José Ronaldo. Pesa, sobre a Secretaria, a longevidade. Raros governantes, incluindo secretários, tem a oportunidade de permanecer tanto tempo em um cargo. Esta longevidade favorece a implantação de um modelo pedagógico - fator mais fundamental no salto educacional-, o que nem sempre é possível em curtos períodos nos quais o maior trabalho consiste em criar suportes estruturais e resolver as demandas cotidianas da gestão. A longevidade exige um projeto, um modelo, e deve ser julgado por isso, e não pelos atos administrativos de rotina.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Saúde: 'Fiquei paraplégica por causa de um piercing'

No início de julho do ano passado, Layane Dias comemorava o estágio que acabara de conquistar e planejava uma viagem em família no mês seguinte. Para a jovem, na época com 20 anos, era o início de uma nova fase.
Ela afirma que jamais imaginaria que estava prestes a passar pelo período que considera o mais complicado de sua vida.
Dias antes de iniciar o estágio, Layane começou a sentir dores frequentes pelo corpo. Para ter forças para trabalhar, a jovem teve de recorrer a medicamentos. No entanto, cada vez mais debilitada, teve de abandonar o estágio.
O quadro de saúde dela foi piorando até que, semanas depois, a estudante perdeu os movimentos da perna. A situação tornou-se ainda mais difícil e a jovem deixou de sentir parte do próprio corpo. "Dos seios para baixo, não conseguia sentir mais nada", diz à BBC News Brasil.

Prefeitura vai traçar perfil de comerciante de rua com vistas a feira itinerante

A partir desta terça-feira, 12, comerciantes de rua instalados nas vias centrais de Feira de Santana passarão por um levantamento social. O estudo deverá ser concluído em até 45 dias.
A tabulação vai permitir, diz o titular da Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior, que o município trace um plano de ação com vistas a criação de uma feira itinerante, que será levada a alguns bairros.
Serão entrevistados camelôs da Marechal Deodoro, da imediações do FTC, Nordestino, Carlos Gomes, rua Recife e da Praça do Tropeiro, entre outros locais.

Aos garotos do Flamengo

César Oliveira
Os garotos eram bons de bola, não se pode negar. Jovens, já a tratavam com a intimidade que só os amantes de longa duração conseguem ter. Nisso, está um tanto da beleza do futebol: embora seja a mesma bola e o mesmo lance, nenhum jogador o comete como o outro. Há sempre alguma coisa de inaugural, de reinvenção, ao longo dos tempos, desde que foi criado há mais de 2000 anos e os ingleses lhe deram essa forma moderna.
Por isso, há qualquer coisa de divino- e podemos falar de divino no nosso futebol, pois, Pelé, o inventor da realeza, maior de todos, é brasileiro, e, Baiaco, baiano-, quando um garoto entra em campo, recomeçando, com ou sem pernas tortas, a refazer as pegadas na grama deixadas por seus ídolos- no Flamengo, por Zico, um dos grandes-, e vai afinando, polindo a arte bruta que será, muitas vezes, a sua, e de sua família, tábua de salvação.

Alcoolismo: como o álcool altera nosso DNA e nos faz querer beber ainda mais

O consumo de grandes quantidades de álcool pode causar mudanças no DNA das pessoas, levando-as a ter ainda mais vontade de beber, segundo um estudo recente publicado por pesquisadores da Universidade Rutgers (EUA) no periódico Alcoholism: Clinical & Experimental Research.
Os pesquisadores analisaram os genes de consumidores moderados de álcool, de consumidores excessivos (os que bebem constantemente) e dos chamados “binge drinkers” – os que bebem uma grande quantidade de álcool em um curto espaço de tempo.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Desconto em cota única do IPTU em Feira é um dos maiores do país

Entre grandes cidades pesquisadas, o desconto de 20% oferecido aos contribuintes de Feira de Santana, para pagamento em parcela única do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) é menor apenas para o oferecido por Jaboatão dos Guararapes, que é de 30%.
O pagamento com desconto e em cota única é a primeira opção para a quitação do atual exercício financeiro. A segunda é dividir o débito em até oito parcelas mensais e sem acréscimos – desta maneira o desconto é suspenso. O desconto suaviza a quitação deste tributo.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Abelhas são capazes de fazer contas de adição e subtração

Tamanho não é documento, nem mesmo para o cérebro. A máxima acaba de ser confirmada (mais uma vez) em um estudo que comprovou que as abelhas têm uma inteligência que não imaginávamos. Após mostrarem que os insetos são capazes de compreender o conceito por trás do número zero, pesquisadores australianos e franceses foram além. Evidenciaram que as abelhas também são exímias fazedoras de contas, realizando operações matemáticas básicas como adição e subtração.
Os resultados foram publicados nesta quarta-feira (6) no periódico Science Advances.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Dieta pegana: o que é e quais os benefícios e problemas

Parece ser mais uma tendência no mundo das dietas que se prometem inovadoras: a pegana, uma combinação entre a paleo e a vegana.
Nos Estados Unidos, esse foi um dos termos mais procurados no Google desde que seu criador, Mark Hyman, publicou o livro Comida: Que Diabos eu Deveria Comer.
Também no México, o Google Trends (ferramenta de busca que mostra as palavras e termos mais procurados) aponta que esse tipo de regime apresenta um interesse crescente na internet desde o início deste ano. No Brasil, as buscas ainda não decolaram, segundo a mesma ferramenta.

Projeto do BRT está de acordo com a legislação federal e municipal

Não existe mais nenhum óbice para o BRT de Feira de Santana. Todas as questões referentes ao projeto do Bus Rapid Transit estão sanadas. Depois do Ministério Público Estadual sacramentar o projeto, a vez do Ministério das Cidades.
O prefeito Colbert Martins Filho recebeu da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades o encaminhamento para a conclusão do contrato do BRT entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal e sua conformidade com as diretrizes do Programa PAC 2 Mobilidade Médias Cidades.

Uefs inscreve para diversas oficinas voltadas à terceira idade

A Universidade Aberta à Terceira Idade da Universidade Estadual de Feira de Santana (UATI/Uefs) inscreve até o dia 20 de fevereiro para as atividades do primeiro semestre de 2019.
Estão sendo oferecidas oficinas relacionadas com as linhas de ação do projeto: Saúde e Movimento: Alongamento e Flexibilidade, Yoga, Hidroginástica, Treinamento de Força, Ginástica com Música, Jogos Recreativos, Tai-Chi-Chuan, Dança de Salão, Danças Culturais, Samba de Roda, Pilates, Massagem Relaxante; Sócio-educativa: Eu no Meio Ambiente, Encontros Interativos, Canto Coral, Leituras e Memórias, Artesanato, Criando Artes, Bordados, Teatro, Saúde no Envelhecer, Saúde e Doença; Aquisição e Atualização de Conhecimentos: Caminhando para Transformação, Informática Básica, Memórias, Espanhol.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Mercado de Arte é palco para manifestações artísticas de variados gêneros

Mais que um espaço para o comércio de artigos em couro, crochês ou cerâmicas. O Mercado de Arte Popular (MAP) é também um celeiro cultural, de visibilidade para músicos, escritores e pintores. Gente de Feira de Santana ou da região que querem ganhar o “mundo” nos palcos por aí afora ou que já têm uma carreira consolidada têm no MAP um lugar certo para soltar a voz; recitar um poema; expor telas ou lançar um livro.  
No Palco Cultural do MAP o movimento é intenso o ano inteiro. É raro não ter shows nas sextas-feiras e aos sábados, que sempre atraem um bom público, com programações contratadas pela Prefeitura Municipal ou de artistas que solicitam o espaço sem cobrar o cachê para divulgar o seu trabalho – é necessário o agendamento prévio.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Aos que vão morrer pela liberdade


César Oliveira
Não há nenhum bem pelo qual vale mais a pena morrer do que a liberdade; mas não há nenhuma morte mais injusta do que morrer pela liberdade usurpada por um ocupante do poder. Assim, solidarizo-me com cada familiar, cada cidadão, cada encarcerado, com os que vão morrer pelas mãos de um carniceiro como o ditador Nicolás Maduro, na Venezuela, na luta pela liberdade, para recuperar o direito de ir e vir, de viver dignamente no país com a quarta reserva de petróleo do mundo.
A ditadura de Maduro, herança maligna do tosco bolivarismo de Hugo Chávez, não passa de um projeto de corrupção que já roubou mais de U$ 450 bilhões de dólares do país. Enquanto isso, a Venezuela segue sem comida, sem remédios, sem emprego, com mais de 3 milhões de refugiados em outros países e uma hiperinflação estratosférica.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Casa do Sertão oferece atividades culturais para todos os públicos


O Museu Casa do Sertão, órgão da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), programa uma série de atividades a serem desenvolvidas em 2019, voltadas a estudantes, pesquisadores e a público em geral. Dentre as ações, expectativa da disponibilização, para pesquisa, da coleção física do centenário Jornal Folha do Norte (1909-2017), o mais antigo ainda em circulação na Bahia, doado recentemente pela família Silva e que está em processo final de organização, sistematização e catalogação.
Durante o ano, o Museu Casa do Sertão continuará visitas em grupo de estudantes com agendamento solicitado pelos estabelecimentos de ensino. Também estão previstas oficinas de artes, projetos de extensão, salas de cinema e exposições.

Cobrança de IPTU com mais de três anos de atraso será feita extrajudicialmente

A partir do próximo mês, em Feira de Santana, a cobrança do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), com atraso a partir de três exercícios financeiros, será feita extrajudicialmente. Inicialmente, cerca de cinco mil processos, caso não sejam pagos ou acordados até o final do mês, serão encaminhados aos cartórios de protesto e título.
“Esta é uma das alternativas para acelerar a recuperação de créditos”, disse o secretário da Fazenda, Expedito Eloy. Os contatos com os contribuintes em atraso com este tributo, visando a quitação do débito, vem sendo feito constantemente. “Apresentamos toda as facilidades que a lei nos permite”.

Governo vence batalha da eleição no Congresso

César Oliveira
Não, ninguém é obrigado a apoiar o governo Bolsonaro, mas a imprensa tem o dever de ser honesta com os fatos. Tivesse Renan vencido a eleição do Senado todos os jornais amanheceriam com a manchete: governo é derrotado no Senado e dificulta aprovação de reformas.
Analistas mostrariam a falta de habilidade de Onix e a fraqueza de Bolsonaro. Acontece que o governo teve uma vitória esmagadora com a Câmara, e Senado, derrotando, inclusive, Renan Calheiros, considerado imbatível. E quais as manchetes no dia seguinte sobre isso? Nenhuma. Alguma análise sobre o fim de um ciclo? Não. No máximo, no Estadão, podia-se ler:Governo vence, mas destino das reformas é incerto. Jamais uma manchete positiva, algo que parece envergonhar essa extrema-imprensa.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Publicitários celebram dia da profissão com avaliação do mercado atual



Segundo dados do setor, a indústria da comunicação no Brasil movimenta, aproximadamente, R$ 120 bilhões ao ano, o que corresponde a mais de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Muito desse resultado positivo se deve à versatilidade do publicitário, profissão que desempenha importante papel na cadeia econômica e que celebra, neste 1º de fevereiro, seu dia. “Hoje, ao observar a situação mundial, verificamos que, nunca antes, a comunicação teve tanto poder, relevância e importância”, afirma a publicitária Carol Cruz. Segundo ela, que é professora e coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da Uniceusa, “O publicitário entra justamente nessa situação, trazendo formas diferenciadas e possibilitando a facilidade do acesso à informação, à comunicação e à interatividade entre o comércio, ou seja, a movimentação da economia e os clientes”, ressalta.