sábado, 1 de fevereiro de 2014

Alex Ferraz

ANALFABETOS
De acordo com dados de um relatório divulgado na quarta-feira (29) pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Brasil ocupa o 8° lugar entre os países com maior número de analfabetos adultos. Ao todo foram avaliados 150 países. A informação é da assessoria de deputado Graça Pimenta.


Frase: "Rouba um prego, e serás enforcado como um malfeitor; rouba um reino, e tornar-te-ás duque." (Chuang-Tzu, 369 a.C - 286 a.C, filósofo chinês)

O dinheiro é nosso, mas o segredo é deles!
Pensem bem: se eu tenho um empreendimento que é totalmente financiado por acionistas, poderia realizar gastos sem o conhecimento daqueles que fornecem o dinheiro?
Claro que não!
No entanto, não é esta a lógica dos que manipulam o dinheiro público no Brasil. Se, de um lado, muitos funcionários graduados e ocupantes de cargos outros que pagam bem seguem recusando a revelar seus salários, como manda a lei, e para isso alegam "segurança pessoal", de outro o governo, sob a justificativa de "segurança nacional" (tenho pavor desta expressão, pois lembra o seu uso pela ditadura militar para realizar as mais infames arbitrariedades), nega-se a revelar diversos e vultosos gastos públicos.
Ora, o dinheiro é nosso, sai do bolso dos trabalhadores e dos cofres de empresas privadas, mas não podemos saber quanto, como e porquê foi gasto em obras e despesas públicas. Não podemos saber, exceto a partir de 2027, detalhes sobre os gastos do BNDES em Cuba, por exemplo, e as despesas milionárias com os cartões de crédito corporativos também são protegidas por um absurdo sigilo.
Ora, para quê sigilo "em nome da segurança" quando, com esses cartões, se compram flores para namoradas, pagam-se despesas em restaurantes e coisas que tais? Aliás, de um modo geral, por que o segredo para os gastos públicos? Afinal, já diz sabiamente o povo, quem não deve não teme. Portanto, debaixo desse pirão tem carne. E bote carne nisso, não é, Roseana Sarney e Renan Calheiros?

Tudo pela
impunidade

Na verdade, essa história de "documentos secretos" e "sigilo" com gasto público que têm prazo marcado (por exemplo, os gastos do BNDES só serão abertos a público em 2027) sempre têm prazos longos para quê, quando as falcatruas vierem à tona, seus autores já estejam mortos ou, no mínimo, vivendo muito bem num paraíso fiscal, imunes a punições, que, inclusive, já devem ter sido prescritas.

O escândalo
de Carlos Lupi (I)

A notícia da semana: "O ex-ministro do Trabalho Brizola Neto não apenas acredita que são verdadeiras as denúncias contra seu antecessor Carlos Lupi, acusado de cobrar propina para obtenção de autorização de funcionamento de sindicatos, como adverte: mais revelações da máfia dos sindicatos, no Ministério do Trabalho, devem aparecer nas próximas semanas."

O escândalo
de Carlos Lupi (II)

E mais, conforme diz o Cláudio Humberto: "O neto do engenheiro Leonel Brizola está enojado: 'Lupi jogou o PDT no lixo'. Brizola Neto acha inclusive que logo surgirão denúncias de vítimas de extorsão, gente que pagou para criar seu sindicato, mas não levou."

A propósito
de sindicatos

Já disse a fartar nesta coluna que o sindicalismo, no Brasil, é cada vez mais um grande e bilionário negócio.
As denúncias dos milhões envolvendo propinas no Ministério do Trabalho para faciliatr criação de sindicatos e centrais provam isso. Ou vocês acham que é "interesse social"? Hum!

Situação
vexatória

A unidade de atendimento do SUS situada na Rua Carlos Gomes tem quatro elevadores, mas somente um funciona. O resultado, claro, são filas imensas, desconforto geral. Pior: quando chove, o poço do elevador é inundado e não raro o equipamento para, conduzindo, inclusive, grávidas e idosos.
Tremenda irrersponsabilidade no trato com aqueles que pagam altos impostos e nada têm de volta. Revoltante!
IEMANJÁ - Localizado no Convento do Carmo, Centro Histórico de Salvador, o “Bar de Todos os Santos” preparou drinks especiais para homenagear a rainha do mar. Entre hoje e 2 de fevereiro, o bar irá oferecer sessões especiais de bebidas em tributo à rainha do mar. Para celebrar Yemanjá, os drinks personalizados e com sabores diferenciados foram especialmente batizados com os nomes "Canto da Sereia", "Rio Vermelho" e "Pedra do Sal".
EVA - No dia 7 de fevereiro, uma sexta-feira, a turma da banda Eva liderada por Felipe Pezzoni realizará o Eva Mar, um super show, em um dos locais mais charmosos do litoral baiano, a Praia do Forte. O evento acontecerá no Projeto Tamar, reconhecido internacionalmente como uma das mais bem sucedidas experiências de conservação marinha do mundo
INSCRIÇÕES - A Secretaria Municipal da Reparação (Semur) abriu inscrições para seleção de profissionais que desejem atuar no Observatório da Discriminação Racial, Violência contra a Mulher e LGBT e Exploração Sexual contra a Criança e Adolescente durante o Carnaval de Salvador.  Mais informações: [email protected]

Nenhum comentário: